sábado, 31 de janeiro de 2015


terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Filme Paulinas 100 anos

Paulinas, 100 Anos anunciando o Evangelho com os meios de comunicação! Venha fazer parte dessa missão!


domingo, 25 de janeiro de 2015

Juventude: protagonismo e religiosidade

A obra Juventude: protagonismo e religiosidade foi pensada a partir do pulsar juvenil do Contestado (1912-1916), uma região do estado de Santa Catarina, campo de conflitos no começo do século XX.  A obra procura desvendar heranças culturais e religiosas, incorporar mitos, aspectos históricos, religiosos, existenciais e identitários dos jovens de outras épocas e nações cuja herança se faz, de alguma forma, presente hoje na realidade dos jovens.

O autor apresenta de maneira crítica, utópica e realista uma nova forma de compreender a juventude, partindo dos diversos "olhares" presentes na literatura sobre juventude. Procura valorizar e interpretar as diferentes realidades da juventude, considerando elementos geográficos, históricos, psicológicos, sociológicos, antropológicos e teológicos, entre outros.
Juventude: protagonismo e religiosidade abre os horizontes de uma nova mentalidade, que reconhece o valor da religiosidade e do protagonismo juvenil na edificação de uma nova sociedade, solidária, democrática, plural, sustentável, igualitária e fraterna, na qual caibam todos os jovens. (SAIBA +)

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Quem são os Cooperadores Paulinos?



Os Cooperadores Paulinos são uma Associação Eclesial de Leigos nascida do coração apostólico do bem-aventurado Tiago Alberione, fundador da Família Paulina. De 1918, data da aprovação da Igreja, até hoje, estão presentes nos cinco continentes. São homens e mulheres – adultos e jovens, solteiros e casados que descobriram o tesouro do chamado paulino e, no mundo, vivem esse chamado, permanecendo no estado de vida que abraçaram, mas unidos à Família Paulina, com a qual partilham o espírito e a missão.
O cooperador (a) é uma pessoa inserida na Igreja local, na pastoral da comunicação, da família, na catequese etc. e desejosa de que o ardor missionário, de comunicar Jesus, do Apostolo Paulo contagie todos os ambientes da Igreja e do mundo.

Para conhecer mais, acesse: http://cooperadores.paulinas.org.br/

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Convicções


quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Mil vidas pelo Evangelho

Apenas se iniciava o verão de 1915
quando em Alba, no Piemonte,
terra fértil de santos,
uma jovem se preparava para um encontro
que mudaria a sua vida e também a história.
Era Teresa, que se tornaria, depois, Tecla.

Pe. Alberione a escolhera e lhe tinha aberto
um insuspeitável horizonte:
acompanhá-lo no seu projeto
de inundar o mundo com o Evangelho.
Teresa pressentiu o fascínio
dessa missão estupenda,
e naquele encontro de valor fundante
nascia com ela o primeiro núcleo
de uma nova família religiosa.

Humilde e ativa, vai aperfeiçoando sua vida
no encontro com o Senhor
que plenifica a sua existência.
Em uma comunhão constante com Ele,
continua a sua ascese espiritual,
na escola de quem a chamou
para torná-la participante de seu desígnio
de despertar o mundo para Cristo.

Tornou-se, assim, mãe, guia e modelo
de uma imensidão de apóstolas
que com ela partilham a fé,
o ardor e a coragem
de consagrar a vida para alguma coisa de novo,
para “comunicar Deus” com a técnica da comunicação.
Sempre dócil e propositiva, favorecia
o crescimento espiritual e apostólico
da grande Família Paulina
que expandia novos ramos frondosos e ricos de frutos.

Reaviva, com o exemplo e a palavra,
o impulso espiritual e apostólico de todas as suas filhas,
visitando constantemente as novas fundações
nos cinco continentes,
para fazer com que a Palavra corra e conquiste os corações.
Escuta, anima, corrige e consola,
promove novas iniciativas.

Acolhe em seu interior a ânsia apostólica do Fundador,
e atualiza o carisma dando tudo de si mesma,
até a oferta da vida, para que todas sejam santas
e o apostolado se desenvolva e atinja muitos povos.
É esse compromisso espiritual e apostólico que a fará dizer:
“Queria ter mil vidas para doá-las pelo Evangelho”.

Hoje, a quase cem anos daquele encontro,
a sua vida se multiplica nas nossas vidas
e nos impulsiona a buscar a sua mesma santidade,
para que, somente o Cristo viva em nós,
e o nosso caminhar se dirija para lá, onde Deus nos chama,
a fim de sermos testemunhas de sua Palavra, do seu amor,
o que nos permitirá redescobrir a mística apostólica
e a reavivar o dom da fé,
fazendo a todos a caridade da verdade,
percorrendo os caminhos da nova evangelização
para chegar até os confins do mundo.

Maria Agnes Quaglini fsp

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Ano da Vida Consagrada

 
Com a palavra e a vida, Papa Francisco continua a indicar a alegria do anúncio e a fecundidade de uma vida vivida na forma do Evangelho, enquanto nos convida a prosseguir, a ser "Igreja em saída", segundo uma lógica de liberdade.
Em continuidade à caminhada para o Ano da Vida Consagrada, este documento deseja transmitir a todos os consagrados e consagradas essa preciosa herança, exortando-os a permanecer com o coração resoluto, fiéis ao Senhor e a prosseguir nesse caminho de graça. É um convite a rever os passos dados nos últimos cinquenta anos.
Nesta memória, o Concílio Vaticano II emerge como acontecimento de importância absoluta para a renovação da vida consagrada. Ecoa para nós o convite do Senhor: Parai nos caminhos e olhai, perguntai sobre as veredas de outrora, qual é o caminho do bem, e caminhai nele, assim alcançareis paz para a vossa vida (Jr 6,16).

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Seminário Missionário


segunda-feira, 5 de janeiro de 2015


sábado, 3 de janeiro de 2015

Epifania do Senhor



sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Família é o tema do Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 2015

O Vaticano anunciou nesta segunda-feira, 29, o tema escolhido pelo Papa Francisco para o 49º Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 2015. A família é a temática central: “Comunicar a família. Ambiente privilegiado do encontro, na gratuidade do amor”.
A mensagem do Santo Padre para a ocasião, texto que será divulgado posteriormente, estará em sintonia com outros eventos dedicados à família em 2015. No ano que vem, serão realizados o Encontro Mundial das Famílias, na Filadélfia (EUA), e a Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que vai complementar a Assembleia Geral Extraordinária deste ano (5 a 19 de outubro) que tem como tema “Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização”.
Em comunicado divulgado hoje, o Pontifício Conselho das Comunicações Sociais destaca o papel da Igreja na propagação dos valores familiares. “A Igreja hoje deve novamente aprender a dizer o quanto a família seja um grande dom, bom e belo. É chamada a encontrar o modo para expressar que a gratuidade do amor, que se oferece aos esposos, aproxima todos os homens a Deus e esta é uma tarefa magnífica. Por que? Porque direciona o olhar à verdadeira realidade do homem e abre as portas para o futuro, a vida”.
O Dia Mundial das Comunicações Sociais é o único dia estabelecido no Concílio Vaticano II, durante o pontificado de Paulo VI, com o decreto Inter Mirifica. Desde então, a data vem sendo celebrada em muitos países no domingo que antecede a Festa de Pentecostes (em 2015, 17 de maio).
A mensagem do Papa para a ocasião é publicada, tradicionalmente, no dia 24 de janeiro, festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas.
FONTE: Canção Nova