segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Dia de São Jerônimo

É incontestável o grande débito que a cultura e os cristãos, de todos os tempos, têm com este santo de inteligência brilhante e temperamento intratável. Jerônimo nasceu em uma família muito rica na Dalmácia, hoje Croácia, no ano 347. Com a morte dos pais, herdou uma boa fortuna, que aplicou na realização de sua vocação para os estudos, pois tinha uma inteligência privilegiada. Viajou para Roma, onde procurou os melhores mestres de retórica e desfrutou a juventude com uma certa liberdade. Jerônimo estudou por toda a vida, viajando da Europa ao Oriente com sua biblioteca dos clássicos antigos, nos quais era formado e graduado doutor.

Ele foi batizado pelo papa Libério, já com 25 anos de idade. Passando pela França, conheceu um monastério e decidiu retirar-se para vivenciar a experiência espiritual. Uma de suas características era o gosto pelas entregas radicais. Ficou muitos anos no deserto da Síria, praticando rigorosos jejuns e penitências, que quase o levaram à morte. Em 375, depois de uma doença, Jerônimo passou ao estudo da Bíblia com renovada paixão. Foi ordenado sacerdote pelo bispo Paulino, na Antioquia, em 379. Mas Jerônimo não tinha vocação pastoral e decidiu que seria um monge dedicado à reflexão, ao estudo e divulgação do cristianismo.

Voltou para Roma em 382, chamado pelo papa Dâmaso, para ser seu secretário particular. Jerônimo foi incumbido de traduzir a Bíblia, do grego e do hebraico, para o latim. Nesse trabalho, dedicou quase toda sua vida. O conjunto final de sua tradução da Bíblia em latim chamou-se "Vulgata" e tornou-se oficial no Concílo de Trento.

Romano de formação, Jerônimo era um enciclopédico. Sua obra literária revelou o filósofo, o retórico, o gramático, o dialético, capaz de escrever e pensar em latim, em grego, em hebraico, escritor de estilo rico, puro e eloquente ao mesmo tempo. Dono de personalidade e temperamento fortíssimo, sua passagem despertava polêmicas ou entusiasmos.

Devido a certas intrigas do meio romano, retirou-se para Belém, onde viveu como um monge, continuando seus estudos e trabalhos bíblicos. Para não ser esquecido, reaparecia, de vez em quando, com um novo livro. Suas violências verbais não perdoavam ninguém. Teve palavras duras para Ambrósio, Basílio e para com o próprio Agostinho. Mas sempre amenizava as intemperanças do seu caráter para que prevalecesse o direito espiritual.

Jerônimo era fantástico, consciente de suas próprias culpas e de seus limites, tinha total clareza de seus merecimentos. Ao escrever o livro "Homens ilustres", concluiu-o com um capítulo dedicado a ele mesmo. Morreu de velhice no ano 420, em 30 de setembro, em Belém. Foi declarado padroeiro dos estudos bíblicos e é celebrado no dia de sua morte.

domingo, 29 de setembro de 2013


sábado, 28 de setembro de 2013


sexta-feira, 27 de setembro de 2013

São Vicente de Paulo


São Vicente de PauloVicente de Paulo foi, realmente, uma figura extraordinária para a humanidade. Pertencia a uma família pobre, de cristãos dignos e fervorosos. Nasceu em Pouy, França, no dia 24 de abril de 1581.

Na infância, foi um simples guardador de porcos, o que não o impediu de ter uma brilhante ascensão na alta Corte da sociedade de sua época. Aos dezenove anos, foi ordenado padre e, antes de ser capelão da rainha Margarida de Valois, ficou preso durante dois anos nas mãos dos muçulmanos. O mais curioso é que acabou sendo libertado pelo seu próprio "dono", que, ao longo desse período, Vicente conseguiu converter ao cristianismo.

Todos o admiravam e respeitavam: do cardeal Richelieu à rainha Ana da Áustria, além do próprio rei Luís XIII, que fez questão absoluta de que Vicente de Paulo estivesse presente no seu leito de morte.

Mas quem mais era merecedor da piedade e atenção de Vicente de Paulo eram mesmo os pobres, os menos favorecidos, que sofriam as agruras da miséria. Quando Mazarino, em represália às barricadas erguidas pela França, quis fazer o país entregar-se pela fome, Vicente de Paulo organizou, em São Lázaro, uma mesa popular para servir, diariamente, refeições a duas mil pessoas famintas.

Apesar de ter sempre pouco tempo para os livros, tinha-o muito quando era para tratar e dar alívio espiritual. Quando convenceu o regente francês de que o povo sofria por falta de solidariedade e de pessoas caridosas para estenderem-lhe as mãos, o rei, imediatamente, nomeou-o para ser o ministro da Caridade. Com isso, organizou um trabalho de assistência aos pobres em escala nacional. Fundou e organizou quatro instituições voltadas para a caridade: a "Confraria das Damas da Caridade", os "Servos dos Pobres", a "Congregação dos Padres da Missão", conhecidos como padres lazaristas, em 1625, e, principalmente, as "Filhas da Caridade", em 1633.

Este homem prático, firme, dotado de senso de humor, esperto como um camponês, e sobretudo realista, que dizia aos sacerdotes de São Lazaro: "Amemos Deus, irmãos meus, mas o amemos às nossas custas, com a fadiga dos nossos braços, com o suor do nosso rosto", morreu em Paris no dia 27 de setembro de 1660.

Canonizado em 1737, são Vicente de Paulo é festejado no dia de sua morte, pelos seus filhos e sua filhas espalhados nos quatro cantos do mundo. E por toda a sociedade leiga cristã engajada em cuidar para que seu carisma permaneça, pela ação de suas fundações, que florescem, ainda, nos nossos dias, sempre a serviço dos mais necessitados, doentes e marginalizados.
 

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Exposição Vocacional no RJ

 
Esquerda para direita: Ir. Marizete e Ir. Leonete
 
 

CONHECENDO JESUS



JESUS MESTRE - O homem de Nazaré

A Bíblia, sobretudo, os Evangelhos nos apresentam Jesus Cristo, Mestre e Salvador. Mas ao mesmo tempo nos apresentam Jesus como alguém que viveu como um de nós, menos no pecado. Nasceu criança, cresceu, trabalhou numa oficina de carpinteiro, viveu em família com Maria e José. E nos seus últimos três anos de vida andou por toda a Palestina convidando todos à conversão, porque o Reino de Deus já chegara.
Foi morto numa cruz por causa do novo projeto que ele quis ensinar. E o Pai o ressuscitou pelo seu poder. A ressurreição é a assinatura de Deus no projeto de Jesus.



ORAÇÃO A JESUS MESTRE VERDADE

Jesus, Mestre divino, 
vós sois o Verbo de Deus.
Quisestes ser um de nós
para nos revelar
a verdade que liberta.


Nós vos louvamos, Senhor, 
pela luz do nosso ser!
Conhecemos e cremos
e, enfim, vos veremos, 
face a face, no céu!

Jesus, Mestre divino, 
Nós confiamos em vós.
Vinde revelar-nos o Pai
e ensinai-nos a ser
não "escravos", mas "filhos"!
(Pe. Tiago Alberione)

terça-feira, 24 de setembro de 2013

RETIRO PARA JOVENS EM NOVO HAMBURGO – RS

 
No dia 22 de setembro de 2013 Ir. Amélia  Monteiro e Ir. Neide Puel realizaram um retiro para jovens na Paróquia São José em Novo Hamburgo-RS.
Com o tema: A vocação em São Paulo Apóstolo.

Os jovens participaram ativamente de todas as atividades propostas e demonstraram interesse em conhecer melhor São Paulo Apóstolo e a Congregação das Irmãs Paulinas.
Durante o retiro foram feitas dinâmicas, palestras, partilhas em grupo, tudo para ajudar os jovens na reflexão sobre a escolha vocacional.
 

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Ler a bíblia


domingo, 22 de setembro de 2013

Missão Bíblica e Vocacional em Aquiraz

A cidade de Aquiraz, localizada próximo à capital cearense, tem a Igreja mais antiga do estado. No mês passado, a Paróquia São José do Ribamar, celebrou 300 anos de existência. O pároco, Robério Queiroz, todos os anos convida as Irmãs Paulinas para comunicar o Evangelho aos seus paroquianos.
E dessa vez, o convite foi para estar com a juventude. As Irmãs Paulinas: Karina Carvalho, Roseane Welter e Neli Manfio, nos dias 14 e 15 de setembro, encontraram-se com jovens de três comunidades: Machuca, Riviera e Jucurutu. Participaram do encontro mais de 30 jovens.
No primeiro dia o tema abordado foi o Dom da Vocação, desde o chamado a vida até os chamados específicos na Igreja. O dia conclui-se com um bate papo, no qual os jovens fizeram diversas perguntas para as irmãs sobre a vocação e a congregação. E no segundo dia, o tema abordado foi o Mês da Bíblia deste ano: Discípulos Missionários a partir do Evangelho de São Lucas. Para introduzir o assunto, Ir. Neli partilhou com eles sua experiência, pois foi uma das precursoras do Mês da Bíblia no Brasil, no ano de 1971, em Belo Horizonte.
 
Jesus Mestre frutifique as sementes depositadas no coração desses jovens e lhes conceda a coragem e a alegria para O seguirem

sábado, 21 de setembro de 2013

Pe. Tiago Alberione e a Palavra de Deus

Pe. Alberione, fundador das Irmãs Paulinas, foi ordenado sacerdote, quando tinha 23 anos, no dia 29 de junho de 1907, na catedral de Alba, Itália.




Suas primeiras pregações demonstram o amor que nutria pela Palavra de Deus, em especial pelo Evangelho. Pois, nessa época as pessoas não tinham acesso ao Evangelho e a ideia vigente era de que o Novo Testamento não podia chegar as mãos do povo e muito menos a Bíblia.





Ele porém, explicava a Bíblia para o povo em suas pregações, na forma de catequese, insistindo que:
  • O Evangelho devia entrar em todas as famílias, juntamente com o catecismo;

  • o Evangelho devia ser a fonte inspiradora de todo o livro e de toda publicação;

  • o Evangelho, como livro que contém a Palavra de Deus, devia ser lido e venerado pelos cristãos.
Podemos perceber que Pe. Alberione, desde o início de sua missão, possuia uma visão ampla e uma atenção aguçada aos sinais dos tempos. Ele, com certeza, do céu, deve estar muito feliz ao ver que no Brasil dedicamos um mês para meditar e dar atenção especial à Palavra Sagrada!



"Impregnar de Evangelho todo pensamento e ciência humana."

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

A Bíblia é a carta de Deus


quinta-feira, 19 de setembro de 2013


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Saudação da superiora geral

Confira a mensagem da nova Superiora geral das Filhas de São Paulo(Irmãs Paulinas), por ocasião da Conclusão do Capítulo Geral:

 
 Trinta dias, feitos de espera, esperanças, projetos, sonhos e partilhas. 30 dias que nos levaram ao coração da nossa Congregação e de cada comunidade. 30 dias para ouvir a Deus, descobrir seus caminhos e decidir percorrê-los com audácia.
 Essa é a experiência que o Capítulo geral nos levou a viver.

Conselho Geral:
Da  direita para esquerda:
Ir. CLARICE (brasileira), Ir. SHALIMAR(filipina),  Ir. ANNA MARIA PARENZAN (Superiora Geral-Italiana), Ir. ANNA (italiana), Ir. SAMUELA(italiana),  Ir. MARIA LUCIA(coreana) e Ir. KAREN(americana).
 
Participantes do Capítulo Geral
 
Na saudação conclusiva, irmã Anna Maria Parenzan, superiora geral, disse-nos: “O Capítulo que estamos para concluir foi uma experiência linda, vivida em clima de comunhão e de esperança. O Capítulo termina em Ariccia, mas se abre agora em cada comunidade nossa. Juntas desejamos ser mulheres de fé, a fim de comunicar a todos a alegria de um encontro que transformou e transforma continuamente a nossa vida”.
Mulheres e homens de fé, conscientes do encontro com Jesus Cristo, solícitas na resposta, corajosas no dom: é o que desejamos a todas nós e a todos.
Agradecimentos a cada irmã e a cada irmão, aos amigos e colaboradores e a todos vocês, que com um simples clique, nos seguiram e acompanharam com a oração.
Agradecimentos também às irmãs tradutoras, aquelas que trabalharam fechadas na secretaria técnica e pela web.
Agradecemos também a todos aqueles que, deixando-se guiar pela fantasia do amor, mantiveram-se presentes de várias maneiras. A todos, os nossos agradecimentos e a nossa oração!                                                                       
(Ariccia, 14 de setembro de 2013)

Missão Vocacional em Campos Belos –GO

Aconteceu nos dias 9 a 15 de setembro de 2013, uma linda semana missionária em Campos Belos – GO.

A missão foi animada pela Ir. Daiane e a noviça Regina. O bom êxodo da missão aconteceu devido ao maravilhoso envolvido de toda comunidade da Paróquia Nossa Senhora da Conceição.  Foram dividas equipes de serviço: Visita as famílias, escolas, Lual vocacional da juventude, formação de pastorais e movimentos e café festivo oferecido a toda comunidade após a missa de ação de graças pelo término da missão.
 


Foram visitadas 11 escolas estaduais e municipais, desde a educação infantil ao ensino médio, momento singular da presença de Deus, partilha de vida e muita alegria com os alunos  e professores que nos acolheram com muito amor.
 
Foi visitado também o presídio da cidade, onde tivemos oportunidade de fazer um encontro com os jovens infratores, que se arrependem e sonham e ser livres novamente. Essa visita nos sensibilizou muito e nos fez lembrar concretamente da frase de Jesus: “Tive preso e me visitastes”.
 
Todas as noites foram realizadas formações para pastorais e movimentos. Com eles aprofundamos a “Comunicação da Família”, o “serviço da escuta” e a “alegria do encontro com Jesus”.
Agradecemos a Deus as jovens que foram despertadas durante a semana missionária. Agradecemos nossas comunidades e ao povo de Campos Belos pela oração e comunhão.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Oração antes de ler a Bíblia

Ó nosso Mestre, Jesus Cristo,
que sois o Caminho, a Verdade e a Vida,
fazei-nos aprender a sublime ciência do vosso amor,
segundo o Espírito de São Paulo e da Igreja.
Enviai o vosso Espírito Santo
para que nos ensine e sugira o que vós pregastes.
Amém.
Ó Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida,
tende piedade de nós.

Fonte: Livro de Orações da Família Paulina

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Semana Vocacional na cidade de Feliz-RS

Entre os dias 10 a 14 de setembro aconteceu uma semana vocacional na cidade de Feliz/RS, diocese de Montenegro. A equipe era formada por 15 pessoas, 5 seminaristas da diocese, irmãs, irmãos, padres de diversas congregações e diocesanos.
O trabalho foi concentrado nos colégios, grupos de catequese de primeira eucaristia e crisma; também houve celebrações em algumas comunidades.
 
Em todos os colégios e grupos a equipe foi muito bem acolhida pelos professores e alunos com os quais foi trabalhada a dimensão vocacional partindo do tema: “Tuas escolhas podem mudar o mundo”. Em atenção à Palavra de Jesus que diz, “lancem as redes em águas mais profundas”, lançamos as redes.

Ao pe. Guido Staudt, responsável pela paróquia, que nos acompanhou de perto com sua presença e simpatia. Rezamos por ele e por todos os/as jovens, professores e comunidades que nos acolheram e nos acompanharam neste lindo trabalho. 

Entrevista com Ir. Cipriani

Neste ano de 2013, algumas Irmãs Paulinas celebram 50 anos de consagração na vida Paulina. Nossa equipe do blog está postando as entrevistas que fizemos com elas, onde as mesmas partilham suas experiências de fé vividas ao longo desses anos.
Confira a partilha de Ir. Irma Cipriani:
 
1) Ir. Cipriani, qual o texto bíblico que iluminou sua caminhada ao longo desses 50 anos de vida consagrada?
Entre tantos, escolho o texto que soou aos meus ouvidos, transformado em invocação, desde as primeiras horas da minha entrada na Congregação das Paulinas: “Jesus Mestre Caminho, Verdade e Vida, tende piedade de nós”. É o texto que está na boca do próprio Jesus, quando se autodefine: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”, em João 14, 6. 
Os primeiros comentários sobre esse texto os escutei da boca de Pe. João Roatta, primeiro Superior Provincial da Província Brasileira da Sociedade de São Paulo (Paulinos), quando pregava na capela das Irmãs Paulinas, em Porto Alegre. Enfatizo a palavra “escutei” porque, embora ele falasse com tanto entusiasmo sobre Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida, na minha imaturidade, a compreensão de conteúdos tão profundos permanecia muito aquém daquilo que ele propunha e vivia, certamente em profundidade. Porém, a semente foi plantada juntamente com a minha percepção de que essa expressão bíblica seria forte e importante.
Com o decorrer do tempo fui aprendendo que o fundador de nossa Congregação, o bem-aventurado Tiago Alberione, alicerça toda a vida paulina em Cristo Mestre, Caminho, Verdade e Vida com a radicalidade de São Paulo. No meu processo formativo fui tomando consciência de que nessa espiritualidade se fundamentam artigos essenciais das Constituições das Filhas de São Paulo (Paulinas), passam por ali também as linhas de formação, de espiritualidade e de apostolado. Portanto, como afirma categoricamente Pe. Alberione: “Não é simplesmente uma bela frase, não é um conselho. É a substância da Congregação. Da sua vivência depende o ser ou não ser Paulina”. De fato, a nossa missão é VIVER e COMUNICAR Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida com os meios de comunicação social. Uma missão sem confins.


Pe. Tiago Alberione, conhecendo profundamente a Congregação por ele fundada, justamente com a missão de comunicar a seiva da Vida à sociedade, deu grande importância para a espiritualidade, porque não basta ser uma grande jornalista, uma profissional perita nas artes da comunicação. É preciso VIVER, depois comunicar, insiste Pe. Alberione. Se não existir ele, Jesus Cristo, como causa e como motivo do nosso agir, tudo não passará de representação.
Exatamente porque essa responsabilidade de VIVER Cristo para poder comunicá-lo foi tomando conta de minha consciência, muitas e justas perguntas exigiam respostas. Por exemplo:
- Como transformar esta fórmula evangélica em princípio energético para a vida e a missão?
- Como seria viver a integralidade do Cristo total, sem uma ideia de fundo, que me fizesse colher o valor?
- Como conceber, na prática, esta espiritualidade?
- E essa insistência de Pe. Tiago Alberione sobre a necessidade de cada Paulina “conformar-se” até o “não sou mais eu que vivo, mas o Cristo vive em mim” (cf. Gl 2,20)? Como acontece isso na vida prática?
- É possível “cristificar-se”? Como isso acontece?  Sem muita clareza, achava tudo isso meio complicado. Achava-me insatisfeita.
Conforme diz Pe. Roatta no seu livro Gesù Cristo Via, Verità e Vita (Società San Paolo, 2010, p. 13), “...uma ideia, para invadir a vida e dirigi-la até a projeção apostólica, deve descer com clareza e com graça no íntimo da alma e tornar-se luz e força pessoal”. Sem dúvida, percebi que era preciso estudar, conhecer mais profundamente a proposta de Pe. Alberione.
Nos desígnios amorosos de Deus, a semente da Palavra de João 14,6, que com a graça de Deus permaneceu viva debaixo da terra, encontrou o seu tempo para germinar e me trazer respostas: foi o “Curso de Formação sobre o Carisma da Família Paulina”, a grande oportunidade que me foi dada para estudar, pesquisar e encontrar o caminho claro para a vivência da espiritualidade paulina. Foi a maior alegria e satisfação da minha vida.
O método Caminho, Verdade e Vida se concretiza no trinômio também proposto por Pe. Alberione: conhecer, amar, viver-comunicar. Verdade-conhecer; Vida-amar; Caminho-viver-comunicar. Foi precisamente por conhecer a Verdade é que comecei a me apaixonar por esta maravilhosa espiritualidade. Depois de entrar no caminho do conhecer para amar é que posso comunicá-la mediante uma experiência de vida.
A chave dessa descoberta foi lendo Pe. Alberione e sua explicação sobre no que somos imagem e semelhança de Deus. Segundo ele, somos projeção maravilhosa da Santíssima Trindade, com capacidades semelhantes às de Deus, na mente, na vontade e no coração. Por quê?
Porque ao criar o homem – “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança” (Gn 1,26) –, Deus Pai imprimiu o selo de sua onipotência na vontade do ser humano, que o torna capaz de escolher, decidir, determinar-se nas propostas e resoluções.
Deus Filho imprimiu na mente do ser humano a sua sabedoria, conferindo-lhe a faculdade da inteligência, do pensamento, que o impulsiona a compreender o significado da vida.
Deus Espírito Santo imprimiu no coração do ser humano o selo do seu amor, conferindo-lhe a faculdade de amar, de sentir.  Na redenção, Jesus Cristo Mestre, Caminho, Verdade e Vida, centro unificador, que conhece o homem por dentro, veio restaurá-lo, refazer-lhe a parte sobrenatural das faculdades, comunicar-lhe a vida divina: Cristo Verdade para a nossa inteligência, Cristo Caminho para a nossa vontade, Cristo Vida para o nosso coração e sentimentos. Por isso temos em Cristo “o Caminho, a Verdade e a Vida” (BM II, 49).
Pe. Tiago Alberione
Na sua maravilhosa visão antropológica, Pe. Alberione vê o homem formado de mente, vontade e coração, e Jesus Mestre Caminho, Verdade e Vida corresponde perfeitamente ao ser humano. Fiel ao princípio de integralidade na formação espiritual, o fundador traçou para os membros da Família Paulina as linhas de um caminho de cristificação orientado a:
a) fazer viver o Cristo Verdade em nossa mente, com o frequente pensamento em Deus e com raciocínios sobrenaturais;
b) fazer viver o Cristo Caminho em nossa vontade, com a submissão perfeita à vontade divina;
c) fazer viver o Cristo Vida em nosso coração, subordinando todos os afetos ao amor divino.
Pela ação do Espírito Santo, o Mestre nos configura ao seu mistério de morte e ressurreição, até podermos dizer como São Paulo: “Não sou mais eu que vivo, é Cristo que vive em mim” (Gl 2,20).
Confesso que ter compreendido a dinâmica da espiritualidade cristocêntrica paulina, seguindo o ensinamento de nosso fundador, é uma das maiores graças para a minha vocação religiosa. Foi também o maior motivo do Magnificat na comemoração do meu Jubileu de Ouro de Vida Consagrada, celebrada solenemente no dia 30 de junho de 2013.
 
2) Como conheceu as Irmãs Paulinas?
Encontrava-me em Caxias do Sul, na casa de minha tia, quando alguém bate na porta da frente. Fui atender. Era uma Irmã Paulina, a Irmã Edwiges, acompanhada por uma jovem aspirante. Até aquele momento eu nem sabia da existência das Paulinas. Estavam passando nas casas oferecendo livros. Minha tia recebeu muito bem as andarilhas de Deus. Depois de ter aliviado bastante a sacola pela boa venda de bons livros, Ir. Edwiges dirigiu-me seu olhar vivaz fazendo-me a pergunta: “Você não gostaria de ser uma Irmã Paulina?”. Pensei um momento e lhe perguntei: “O que vocês fazem?”. Em poucas palavras descreveu-me a vida e a missão das Paulinas.
Naquele momento, não pensei no curso no qual acabara de me matricular, no namorado por quem eu já estava apaixonada, nem na permissão dos meus pais que moravam noutra cidade. Faltando dois dias para completar 15 anos, respondi um “quero” resoluto e comecei a pensar no enxoval. Primos, amigos, conhecidos, além de não acreditarem que minha decisão seria para valer e de terem a certeza de que depois de uma semana eu estaria de volta, inventavam histórias falsas das freiras para me fazer desistir. Deus tem planos para cada um de nós e, para cumpri-los, Ele muda as circunstâncias e cria situações. Para cada chamado Deus usa uma estratégia, pois aos seus olhos somos únicos.
 
3) Recorda um momento (um fato) significativo de sua caminhada em que sentiu a mão de Deus sobre você?
Olhando para o caminho pessoal e espiritual, percorrido nestes 50 anos, vejo que a mão de Deus sempre esteve sobre mim pela maneira sábia como foi conduzindo minha vida, apesar de ter encontrado algumas dificuldades na caminhada. Em alguns períodos mais críticos pelos quais passei, não só senti a mão divina sobre mim, mas como reza aquela oração "Pegadas na areia" e conhecendo as minhas fraquezas, muitas vezes Deus me carregou para que eu não desanimasse. Sou infinitamente agradecida a Ele por essa maneira de me conduzir e seguir o seu chamado. Por isso, repito com São Paulo: “Eu sei em quem depositei a minha fé” (2Tm 1,12). 
4) Em que setores da Missão Paulina já trabalhou? Qual deles considera mais desafiador?
A Missão Paulina é constituída de um grande, exigente e desafiador leque de atividades. Todos os setores requerem de nós muita disponibilidade e preparação, bem como uma convergência de forças que se dá na obediência sapiente e integral. Além do atendimento às livrarias, da gráfica e da missão junto às famílias – atividades que exerci durante o período de formação – por me identificar mais com as ideias visuais, alternei minha missão nos departamentos de comunicação visual: na Editora, na Gravadora e no Marketing, desde a consagração definitiva até hoje. São ótimas áreas de missão, cheias de surpresas e recompensas.  O dia a dia começa com uma página em branco e minha tarefa é preenchê-la. Porém, elas têm um preço: para garantir a originalidade e a criatividade dos projetos é preciso dedicação, gostar de criar, ter bom senso, bom gosto, observar, gostar de desafios, ter a capacidade de trabalhar em equipe, gostar de artes, fotografias e desenho, ter paciência, aceitar críticas e relacionar-se bem com as pessoas. E quando penso que sou chamada a anunciar Jesus Cristo, através da minha própria vida e dos meios de comunicação, brota em mim um profundo agradecimento a Deus por me tornar participante do maravilhoso Carisma Paulino.
 
5) Deixe uma mensagem para as jovens que hoje desejam seguir Jesus mais de perto no Carisma Paulino.
 Se você é cristã, procura a sua vocação e deseja fazer algo de sua vida com e para Jesus, e para o próximo, não tenha medo de responder ao chamado de Deus, porque ser missionária de Jesus Cristo e anunciar a sua Palavra com os meios de comunicação não vale a pena... vale a vida! O seguimento de Cristo implica a renúncia total de si mesma, a renúncia da vida por quem entregou a sua por você. Não é fácil, principalmente quando as asas da dúvida rondam nossas cabeças nos levando a ideias incoerentes com a realidade. 

sábado, 14 de setembro de 2013

Comemoração do Mestre Giaccardo em nova data


Como vinha acontecendo todos os anos, a memória do bem-aventurado Timóteo Giaccardo era celebrada no dia 22 de outubro, data de sua ordenação sacerdotal. 
Como a beatificação do Papa João Paulo II é celebrada neste mesmo dia, 22 de outubro, os Padres Paulinos, responsáveis pelas causas dos santos, pediram aos responsáveis pelas causas dos Santos, no Vaticano, a troca ddia 22 para 19 de outubro, data do nascimento de Giaccardo.
 Portanto, a partir deste ano de 2013, a comemoração se dará em 19 de outubro.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Palavra e Eucaristia

Toda Irmã Paulina é chamada a viver e comunicar Cristo Mestre. Para viver nossa vocação apostólica temos dois elementos essenciais: a Palavra de Deus e a Eucaristia. Todos os dias, com o coração atento, dócil e orante acolhemos a Palavra de Deus e deixamo-nos evangelizar por ela. Na Eucaristia permanecemos em comunhão com o Mestre e com Ele nos ofertamos ao Pai para ser pão partido na vida das pessoas. 

Nosso fundador, o Bem-aventurado Tiago Alberione, nos diz: "Eucaristia e Bíblia se harmonizam muito bem, como se harmonizam bem apostolado da imprensa e Eucaristia. A Bíblia contém a Sabedoria de Deus, de maneira que Eucaristia e Bíblia se completam [...] Eucaristia e Bíblia formam o apóstolo da imprensa. Que ambas permaneçam inseparáveis em seus corações". 

Partilhamos com você esse vídeo da música: Súplica do ouvinte, do Pe. Zezinho. 
E pedimos ao Senhor que a Palavra de Deus continue a suscitar muitas jovens para viver a vocação Paulina. 



"Esses são os votos que faço: que se nutram com pão puro, o melhor pão"
Pe. Tiago Alberione

Encontro com jovens da PJ em Canoas – RS


No dia 08 de setembro de 2013, Ir. Amélia e Ir. Neide, realizaram um encontro vocacional para os jovens da PJ da comunidade Santa Cruz, em Canoas RS. Foi uma manhã de encontro para refletir sobre o Chamado que Deus faz a cada pessoa e a resposta que depende de nossas escolhas, diante das necessidades do mundo.


Os jovens participaram com interesse e vontade. Demonstraram a necessidade de poder refletir mais sobre a vida e a missão de cada um. Para isso pediram que a proposta desse encontro fosse repetida em outras ocasiões de encontro do grupo. Expressaram ainda o desejo de conhecer melhor a vida religiosa consagrada e a vocação à vida sacerdotal. Percebe-se que existe entre a juventude, engajada nas comunidades, um grande interesse e empenho na construção de uma Igreja, de uma sociedade e de um mundo melhor.

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Familiares de vocacionadas visitam comunidade de Curitiba


Nos dias 07 e 08 de Setembro de 2013, a comunidade das Irmãs Paulinas de Curitiba teve a alegria de receber os familiares de duas jovens vocacionadas a vida religiosa paulina: Aline Ruediger (Jaraguá do Sul – SC) e Caroline Teixeira (Irati- PR).
Agradecemos a Deus por esse encontro fraterno que o Senhor nos concedeu, dias de convivência e de partilha da vida e missão paulina.

Quando chegou a Palavra

Estamos no mês da Bíblia!
Que a Palavra de Deus seja luz e força em seu caminho!



quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Encontro com Jovens na Paróquia São Luiz Gonzaga - Canoas/ RS

No dia 07 de setembro de 2013, aconteceu um encontro para jovens do onda, na paróquia São Luiz em Canoas RS.

Ir. Amélia e Ir. Neide  animaram o encontro com a colaboração da equipe vocacional paroquial. O mesmo desenvolveu-se com o tema Vocação.
Para tal, foi feita uma dinâmica com a parábola dos talentos, com fitas coloridas representando os talentos recebidos, para dividir os grupos e para que se cumprimentassem e se apresentassem à equipe. Após a dinâmica, foi realizada uma maratona vocacional, bastante interessante e animada. Os jovens participaram com alegria e disposição. A premiação final foi igual para todos, mesmo que uma equipe tenha ganhado a maratona.
O sentido de a premiação ter sido igual foi para que eles refletissem sobre o chamado que Deus faz para todos, não existe competição no Reino de Deus, a maratona serviu para que aprendessem e colaborasse um com o outro.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Retiro com jovens em SP

Nos dias 07 e 08 de setembro de 2013, cerca de 45 jovens e alguns casais participaram de um Retiro na Casa de Oração das Irmãs Paulinas. O tema do retiro foi "Ide, sem medo, para servir". O retiro foi assessorado pelas Irmãs e Noviças Paulinas.