sexta-feira, 30 de abril de 2010

Encontro Vocacional


(Valquíria e Amanda)

Com alegria e profunda gratidão ao amor de Deus, acolhemos com entusiasmo as jovens:

Amanda Marcolyno – São Paulo – SP.
Ayuka Gabriela de Souza André – Joinvile – SC
Valquíria Orpeinelli – Mogi Guaçu – SP



Elas participaram de um Encontro Vocacional em nossa comunidade do Postulado em São Paulo.
O encontro foi marcado pela alegria e partilha de vida das jovens, pela reflexão sobre a vida de Mestra Tecla, no qual as jovens demonstraram muita emoção ao conhecer a ousadia, coragem e fé de Irmã Tecla em dizer SIM ao projeto de Deus, pelos momentos de oração e pela convivência descontraída e fraterna.
Agradecemos ao Senhor da Messe que nos motiva a caminhar com fé.


Amanhã, uma das jovens, a Ayuka irá partilhar a sua experiência. Vale a pena conferir!

sábado, 24 de abril de 2010

Pe. Alberione e o Mestre


sexta-feira, 23 de abril de 2010

"Desejo de ser toda de Deus"


1. Que motivações sustentam e incentivam a sua caminhada vocacional?
O que sempre motivou e alimentou minha caminhada vocacional foi o meu desejo de ser toda de Deus e servir a Ele e ao povo com toda a minha vida.

2. O que levou você a escolher a vida consagrada Paulina?
“Vem e segue-me”! Estas palavras de Jesus sempre me inquietaram. Sentia muito forte o desejo de me dedicar totalmente a ele e a seu povo como irmã religiosa.. Comecei a me corresponder e a participar de encontros na comunidade paulina e assim, fui conhecendo, me identificando e amando a missão de anunciar Jesus através da comunicação. A missão e a espiritualidade paulina foram o que me levaram a escolher seguir Jesus como uma irmã paulina.


3. Uma mensagem às jovens.
Jovem, não tenha medo de escolher Jesus! Ele é fiel em sua aliança de amor. Venha você também experimentar a alegria de segui-lo e anunciá-lo através da comunicação.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Leitura Orante com os jovens


"...E Jesus começou a caminhar com eles..."

No dia 18 de abril, na casa de Retiro das Irmãs Paulinas- SP, aconteceu o encontro da Leitura Orante da Palavra. Houve a participação de 11 jovens que refletiram o texto dos discípulos de Emaús.

Foi um momento rico de partilha, oração e sobretudo de perceber a presença de Jesus Ressuscitado que caminha conosco nos diversos acontecimentos do dia a dia. O encontro foi assessorado pelas noviças Roberta e Fabíola e pelo irmão paulino Claudinei.

quarta-feira, 21 de abril de 2010


Missionária Paulina visita comunidade


Foi com imensa alegria que nós da comunidade de Canoas- RS, no dia 13 de abril recebemos a ilustre visita da Ir. Maria Ema Tomasi, Paulina brasileira que reside como missionária na África.
Foi um momento de convivência e partilha sobre a desafiante missão que realiza juntamente com outras Irmãs em Moçambique.
Durante esta visita pudemos refletir e rezar pela realidade em que lá vivem, na qual anunciam Jesus por meio da Missão Paulina.


Agradecemos a Deus pela Ir. Maria Ema e todas as irmãs que se dedicam corajosamente na Missão Paulina em outros países e continentes. Juntas rezemos pelas irmãs e pelas vocações africanas.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Este recado é para as jovens que desejam nos conhecer como estas....

(Da esquerda para a direita: Ir. Rosimeire e Ir. Pollyana)

No dia 20/03/10, nós irmãs Rosimeire e Pollyana, estivemos na cidade de Monsenhor Tabosa, interior do Ceará, para um encontro com Jovens que desejam descobrir a votade de Deus em suas vidas. O tema desse encontro foi sobre:

Vocação e Discernimento.


No encontro foi colocado o que é vocação; vocação na Bíblia e Discernimento. Foi um encontro discontraído, onde os 22 jovens partilharam suas expectativas e curiosidades sobre vocação, com diversas perguntas que hoje inquietam nossa juventude a respeito da vida religiosa e sacerdotal.



Desse encontro 3 jovens decidiram conhecer o Carisma das Irmãs Paulinas, são elas: Maria Aniely, Francisca Ravena, Erlângia, são jovens que estão inseridas na comunidade de São Sebastião, atuam na pastoral do canto, liturgia, dízimo, infância missionária e em outros trabalhos da comunidade.


O pároco Pe. Alcides sente muita alegria por ter esse jovens atuando no serviço comunitário. Fomos lá a convite de Ana Lúcia secretária de paroquia que conhece cada jovem da paróquia e que gosta muito das Irmãs Paulinas. Lá além das 3 meninas que querem nos conhecer tem a Marina que já faz um caminho conosco e ela está muito contente e deseja continuar o caminho de discernimento.


Então jovens, de outras cidades e de tantos lugares que tem o desejo de descobrir qual a vontade de Deus em suas vidas, entre em contato conosco!!!!!!!!


Venha conhecer nossa vida e missão!!!!


Comunicar Jesus Mestre, Caminho, Verdade e Vida com os Meios de Comunicação.



Um abraço,


Ir. Rosimeire e Ir. Pollyana

domingo, 18 de abril de 2010

Aspirantes Paulinas em Missão

Desde o início da Família Paulina sempre foi privilégio anunciar a Palavra de Deus a todas as pessoas para que tenham verdadeira fé em Jesus Mestre Caminho Verdade e Vida.


E quem nos lança para frente e nos impulsiona nesta missão, é justamente a opção e paixão por Cristo, que atravessa os tempos. Por isso, foi com grande alegria que nós, aspirantes paulinas de Recife/PE, fomos enviadas a celebrar no meio do povo de Deus na Semana Santa.



A pedido do padre Josenildo, Coordenador de Pastoral da Arquidiocese, partimos para Vitória de Santo Antão, uma paróquia com 15 comunidades. Realizamos alguns trabalhos pastorais, especificamente, nas comunidades de Jussaral (aspirantes Carla, Gabrielle e Ismara), Campina Nova Capela (aspirantes Luisa e Rosana) e Boto (aspirantes Maria Luciana e Maria Rosângela).


É possível afirmar que vivenciamos momentos marcantes e acolhedores em meio às famílias cheias de fé e esperanças.



Auxiliando nas celebrações do Tríduo Pascal e evangelizando as famílias durante esses dias, levamos a mensagem da Palavra de Deus e deixamos orações, reflexões, revistas e orientações vocacionais.



Ficou registrado, portanto, em nossos corações esse momento bonito e significante, onde a presença e a grandeza de Deus estiveram presentes.





quarta-feira, 14 de abril de 2010

"Confiança no Espírito que tudo conduz..."


Faltou energia elétrica bem na hora do encontro. Tinha computador, data show, som, nessa hora a criatividade precisa funcionar sem perder a qualidade e especialmente a confiança no Espírito que tudo conduz para o bem, foi assim que nos reunimos.


Os leigos vicentinos tem como missão acompanhar as famílias carentes ajudando-as a encontrarem condições de vida digna. Como é um trabalho que as pessoas que o realizam precisam estar motivadas, no dia 11 de abril pela manhã, usando de criatividade, Ir. Líria Grade, fsp, ministrou o encontro. Uma das dinâmicas utilizadas foi a da pérola cada participante a recebeu no inico do encontro. No final do encontro foram ajudados a perceber que a missão que realizam é uma grande pérola, porque é missão de Deus confiada a cada um e o que os une é o mesmo fio que é o Filho de Deus e o Espírito é a força os faz desejar fazer o bem e realizá-lo: "Tudo o que fizerdes ao menor dos meus irmãos a mim o fareis". Mt 25,40.

Você deseja crescer espiritualmente?



Ivete,

cooperadora paulina de Manaus finaliza sua partilha indicando elementos do caminho espiritual que


Mestra Tecla sugere:

- Escuta (verdade) da Palavra de Deus e Cartas de São Paulo;
- Imitação (caminho) verdadeira atenção à pessoa de Jesus, o Mestre. “Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração”. Olhar Jesus como rezava, falava, caminhava, tratava as pessoas, como sofria de bom grado por nós.
- Viver o Mestre (vida) – avançar a um nível mais profundo que é o da partilha da vida, da identificação com a Páscoa do Mestre. Ele nos oferta a vida, especialmente para as Filhas de São Paulo que lhes são confiadas.



Em 1963, Ir. Tecla escreve:


“O meu viver é Cristo, fazer tudo para com Ele e n’Ele”.

Um dia com a juventude


"A convite do Diácono Sergio que será ordenado Presbítero dia 28 de maio de 2010 trabalhamos em Castelo Branco-PR, com os alunos das escolas desenvolvendo a motivação para leitura e respeito pelo outro.

Quando o jovem sonha com projetos "bacanas" e viáveis o mundo das drogas, prostituição e todos as ações que ferem a dignidade humana são mais facilmente descartados porque ele tem algo significativo a ser realizado no mundo.

Concluímos o encontro com o clip da vida e missão das Irmãs Paulinas. A semente foi lançada aguardemos o tempo, se a terra é boa com certeza frutos virão. Enquanto Ir. Lìria e o Diácono Sérgio realizavam o encontro, Ir. Dolores Massaretti atendeu os professores na feira de livros".

Ir. Líria Grade, fsp

terça-feira, 13 de abril de 2010

Deseja aprofundar melhor a Palavra de Deus?

(Fonte: Google)

Livraria Paulinas, de São Paulo, promove o "Curso Bíblico - Serviço de animação bíblica


O assessor é padre Rodrigo Thomas, graduado em Filosofia e Teologia e vigário da Paróquia São Mateus, região episcopal Belém.

O público-alvo são padres, religiosos, seminaristas, catequistas, leigos, agentes de pastoral e interessados.

O encontros acontecem às seguintes datas:

13 de abril / 11 de maio
8 de junho / 13 de julho / 10 de agosto
14 de setembro / 5 de outubro/ 9 de novembro

O horário é entre 19h e 21h30 e a taxa é de R$ 5,00 por palestra. São 125 vagas.

O Auditório Paulinas Livraria se localiza na Rua Domingos de Morais, 660, em frente ao metrô Ana Rosa.

Informações e inscrições
Tel.: (11) 5081-9330 ou pelo e-mail: promodomingos@paulinas.com

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Casais se retiram para escutar a voz de Deus

No último domingo, dia 11, casais da Pastoral Familiar da Paróquia São Francisco de Assis da Diocese de Campo Limpo-SP sob a orientação de Ir. Ivonete Kurten, fsp, se retiram para um dia de espiritualidade na Casa de Oração. O tema do encontro foi: "Tornai à vossa família e vinde a mim... e eu vos abençoarei". (Cf Gn 45, 18).
Ir. Ivonete refletiu com os casais sobre a pessoa de José do Egito, dentro da dimensão do serviço e da doação numa espiritualidade encarnada. Os mesmos optaram por um retiro silencioso para escutar a voz de Deus e assim descobrirem o que Deus deseja para cada um deles, no seviço que cada casal realizará no IX ECC (Encontro de Casais com Cristo), que acontecerá no próximo fim de semana na Paróquia.

Dois casais falam sobre o encontro:

(Alexandre e Andrea)
"É um momento onde todos se reúnem com a mesma finalidade, levar a Palavra, seja através de um gesto, uma palavra de conforto, um sorriso, com o objetivo de levar Jesus para os novos casais que estamos recebendo".

(Sergio e Luciana)

"Estamos colhendo as sementes para semear no encontro . Depois é esperar a semeação para receber os frutos. É um dia importante para os casais, faz com que cada um se comprometa com o encontro e saia mais esclarecido. O propósito é Evangelizar".

Veja alguns momentos do encontro:



(Ir. Ivonete)



Como vive um cooperador(a) paulino(a)?


Ivete continua partilhando a sua experiência de cooperadora paulina...

*alimentar-se da escuta da Palavra, da Eucaristia e da oração pessoal;
* Dedicar-se aos próprios deveres;
* Ofertar o trabalho cotidiano dos sacrifícios segundo as intenções da Família Paulina. A pessoa que se nutre do Evangelho, se nutre do Cristo, bebe
diretamente da fonte da verdade divina, e se modela sobre
os exemplos admiráveis de Jesus.
Para nós, a sua vida pública é uma escolha que continua no sacrário e na sua vida Eucarística.
A meditação – é um aprendizado não somente da mente, mas, de toda a pessoa que deve ser transfigurada por Cristo.
Diante do sacrário, meditamos cada dia, buscando a força, a luz, a vida para a missão.

domingo, 11 de abril de 2010

"Dou a minha vida ao Evangelho"


Ir. Líria Grade, é irmã paulina, mora na comunidade das Irmãs Paulinas de Maringá, PR. Tem a missão de acompanhar as jovens que fazem o acompanhamento vocacional, antes de ingressarem na Congregação. Veja o que ela tem a nos dizer sobre sua vocação...


"A experiência do chamado é o maior presente que recebi. Agradeço todos os dias por tudo o que o Senhor realiza em mim para que eu o anuncie com a comunicãção nas mais variadas formas. Por acusa de Jesus encontrei no caminho da vida uma luz e uma missão que me fazem dizer: Eis-me aqui, sou tua serva, consagra-me, envia-me! Dou a minha vida ao Evangelho para que corra e se estenda por toda parte".



sábado, 10 de abril de 2010

Irmãs Paulinas oferecem Curso de Visão Global da Bíblia

Teve início dia 6 de março na Livraria Paulinas de Maringá, sendo que, sempre acontecerá no primeiro sábado de cada mês o curso visão global da Bíblia - a experiência está sendo realizada de forma simples, com grande amor à Palavra de Deus.

É preciso perseverança para continuar sendo fiel ao curso, para muitos participantes fazer um caminho longo muitas vezes se torna exigente, mas se faz necessário para cristão que anseia por formação dar-se tempo para aprofundar o fundamento dessa mesma fé.
O segundo encontro aconteceu dia 03 de abril foi um momento lindo na leitura orante da Palavra, experiência do espírito do Sábado Santo, o grande Silêncio de Deus para no final celebrar a vida que nasce da fé em Cristo Morto e Ressuscitado.

Ir. Líria Grade, fsp


sexta-feira, 9 de abril de 2010

Pessoas comprometidas com o Reino

Ivete, cooperadora paulina de Manaus, hoje partilha conosco o que é na verdade um cooperador paulino.

"É para todos os que se comprometem a viver a vida paulina e cooperam através da oração e pela ação que lhe é possível.


Fundado em Alba – Itália – em 1917, é uma família que tem origem e espiritualidade comum e se completam no exercício da missão. Cada cooperador deve aprofundar o conhecimento da própria fé que é a busca de Jesus Mestre Caminho, Verdade e Vida, e encarná-lo no coração e na mente, através das experiências e testemunhos pessoais, comunicando o Evangelho em todas as expressões da comunicação e da cultura, caminho da santificação.
Cada membro da Família Paulina é motivado a identificar-se com Jesus:
Caminhando entre as margens:
- de um lado a pobreza;
- do outro a humildade: “para ser livre a mente, a vontade e o coração”.
Não deixe de conhecer como vivem os cooperadores paulinos. Na próxima edição...

quinta-feira, 8 de abril de 2010

"Cada ser criado por Deus é irrepetível"


(Encontro de dinâmicas na catequese -Astorga - PR - 28 de março de 2010)


Mesmo com muita chuva cerca de 30 catequistas participaram do encontro de dinâmicas na catequese.


Uma das dinâmicas convida cada pessoa a se modelar a partir de um pedaço de papel, a criatividade fica por conta dos participantes - todos recebem uma folha que é igual para todos os participantes, mas no final o resultado é maravilhoso ao perceber que cada uma tem sua maneira de realizar as coisas, o resultado dos bonecos é para que o catequizando perceba que ele é único, e tudo que o que realizar no mundo terá sua característica porque cada ser criado por Deus é irrepetível e somos responsáveis por continuar a obra da criação.


Também o padre Miguel viabilizou a compra de produtos paulinas para os catequistas, todos puderam levar algum livro e depois pagar para a paróquia. Agradeço ao Senhor por ele continuar sua missão por meio de cada pessoa que acredita e ao crer é capaz de animar outros a seguirem Jesus.

Ir. Líria Grade, fsp

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Ir. Tecla Merlo, primeira Filha de São Paulo


Cooperador Paulino, o que significa isso?


Por Ivete, cooperadora paulina de Manaus
Resumo histórico

Padre Tiago Alberione, com sua sensibilidade ante as necessidades de seu tempo e as exigências de uma colaboração mais ampla, no transcurso do século, fundou várias instituições, unidas pelo mesmo ideal apostólico. Deixando como herança para a Igreja a Família Paulina, constituída por 10 fundações:

Pia Sociedade de São Paulo (Paulinos)
Pia Sociedade Filhas de São Paulo (Paulinas)
Pias Discípulas do Divino Mestre
Irmãs de Jesus Bom Pastor (Pastorinhas)
Irmãs Apostolinas
Instituto Nossa Senhora da Anunciação (Anunciatinas)
Instituto Jesus Sacerdote (direcionado aos padres diocesanos)
Instituto São Gabriel Arcanjo (Gabrielinos)
Instituto Sagrada Família

Continue acompanhando, Ivete continuará partilhando o que é ser cooperador(a) paulino(a) ... Não perca, você poderá fazer parte desta família.

terça-feira, 6 de abril de 2010

Ir. Tecla Merlo: "Uma santa"

ÚLTIMO CAPÍTULO DA ENTREVISTA VOCACIONAL
COM IR. BERNADETE, fsp



5. Você conheceu os fundadores? O que marcou para você?

Conheci Ir. Tecla Merlo alguns dias depois de ter ingressado na Congregação. Recordo que ficamos todas fascinadas ao observar o amor filial das irmãs para com ela, mesmo sem entender o significado de sua pessoa para a Congregação das Filhas de São Paulo. Como éramos muitas, recordo que passamos diante dela, que dirigiu uma palavra para cada uma das aspirantes. Mulher boa, simples, acessível: resume bem o que ficou para mim do primeiro contato com uma santa.
Um pouco depois, Pe. Alberione também nos visitou em Porto Alegre, mas a aproximação de nós jovens com ele era menor. Eu entendia pouco de sua fala, porque era tudo em italiano, mas entendia bem o seu olhar profundo e perspicaz,
o silêncio, o recolhimento e a atenção às pessoas. Não foi uma pessoa que simplesmente passou entre nós, ele ficou nos corações de suas seguidoras.


6. O que você diria para as jovens hoje?

Vocês precisam investir a vida e as próprias energias num projeto que vale a pena e que Deus reserva para cada uma. Vocês sonham grande e alto, mas esses sonhos precisam ser abraçados com amor, coragem, generosidade e entusiasmo. A força para isso não vem só de vocês, mas de Deus, que ama a cada uma com amor infinito.
Assim vocês poderão, na rede das relações fazer a diferença, interligando relações, às vezes rompida pela inveja, pelo egoísmo e pela indiferença.
A vocação paulina oferece para vocês o espaço e os elementos necessários para uma realização plena dos anseios mais profundos do coração dos jovens: dar-se, doar-se, fazer o bem com a comunicação social.
Vocês são uma mensagem viva de Jesus para nós, que estamos caminhando há mais tempo como Paulinas. Obrigada.

Paixão de Cristo

Na última sexta-feira(da semana santa), às 8:00 da manhã, as noviças das Irmãs Paulinas encenaram a Paixão de Cristo percorrendo os passos da Via-Sacra. Foi um momento de muita emoção, oração e comunhão com os sofrimentos de Cristo, e com as realidades de sofrimento da humanidade. Na manhã do domingo da Páscoa a comunidade da Cidade Regina acordou para acompanhar o grande momento da Ressurreição de Jesus.
Confira algumas fotos:























“Desde o começo Ele nos deu essa missão...”

De 13 a 21 de março, foi realizada na cidade de Mairinque-SP uma semana missionária Paulina. Uma semana intensa de doação, união e principalmente de anúncio dos valores humanos e cristãos.
Uma Celebração Eucarística na Igreja de São José (Matriz) no dia 13 e em seguida o Show do Grupo Chamas (formado pelas Irmãs Paulinas- Edicléia, Ana Paula e Verônica) deram início a semana missionária.
No total foram atingidas mais de 8 mil pessoas, e muitos foram os que se doaram para que essa missão fosse realizada. Agradecemos a Deus que nos enviou e que nos deu a graça de levar a Sua mensagem a tantos que necessitam.
Veja as fotos de alguns momentos da missão:








Grupo Chamas

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Emoção na Tela





Aconteceu na Cidade Regina(SP) no último sábado, dia 03 de abril, o Emoção na Tela de Páscoa. Além das irmãs e noviças, participaram 21 pessoas que atenderam ao convite de assistir ao filme "A História de Jesus". O filme emocionou muitos dos presentes que elogiaram a fidelidade ao Evangelho do roteiro e disseram sentir-se “mais perto de Jesus” depois de ver como “era a sua vida”.

"Ai de mim se eu não evangelizar"

2º CAPÍTULO
DA
ENTREVISTA COM IR. BERNADETE
(Ir. Bernadete, segunda da esquerda para a direita, junto a um dos grupos que acompanhou no tempo que foi mestra das noviças)


3. Conte uma experiência significativa com São Paulo no período de formação e agora.


Minha vocação tem tudo a ver com São Paulo. Meu “Damasco” foi no dia 25 de janeiro, quando entrei na nossa Congregação, em Porto Alegre. Do meu sim ao ingresso tive apenas um mês para partir e exatamente na festa de São Paulo. Com o tempo, porém, comecei a colocar em dúvida a vocação e até pedi para deixar a congregação por sentir-me necessária na família. Aí entrou novamente São Paulo e de forma muito forte.
Estava fazendo uma hora de Adoração com as aspirantes e de repente ouvi a pragmática exclamação de São Paulo Apóstolo: “Ai de mim se eu não evangelizar”. Foi a gota d’água para minha decisão pela vida paulina. Esta Palavra me levou longe e, hoje, 50 anos depois, celebro a alegria de o Senhor ter iluminado o meu caminho em tempo.

4. Para você, o que significa ser Filha de São Paulo?

Ser paulina significa realizar o projeto que Deus tem sobre mim, ou seja, seguir Jesus nos passos de Paulo, sob a proteção de Maria. Meu caminho vocacional, como falei acima, foi marcado por essa experiência desde o início. Agora é questão de coerência continuar na mesma dinâmica, sendo fiel ao carisma paulino em todas as suas expressões.
Seria melhor dizer que vou re-significando a minha vida dia após dia, na relação com Deus, na relação com as irmãs e com as pessoas a quem sou enviada.
Vocês jovens, por exemplo, vão me ajudando a dar significado à vida de doação e de oração. Por isso, hoje sou diferente de quando iniciei a caminhada vocacional e amanhã serei diferente de hoje.

Não perca amanhã, a continuação da entrevista...



sábado, 3 de abril de 2010

Deixou tudo para comunicar Jesus!

Hoje, véspera da Ressureição de Jesus, conheça a história vocacional da Ir. Maria Bernadete Boff, alguém que vive e anuncia o Cristo morto e ressuscitado.



Ir. Bernadete é Irmã Paulina, natural de Maquiné-RS. Atualmente é diretora Geral do Apostolado da Província das Irmãs Paulinas do Brasil. Ela irá partilhar seu chamado, as dificuldades encotradas no seguimento a Jesus, seu caminho de fé e muito mais... Confira a entrevista por partes, não deixe de acompanhar na segunda-feira a continuação da entrevista.


1. Como surgiu a sua vocação?

Como adolescente eu lia muito. Além da Revista Família Cristã que chegava em casa mensalmente e alguns livros que meus pais compravam das Irmã Paulinas, quando visitavam nossa família, eu retirava semanalmente dois livros na Biblioteca paroquial. Eram livros de santos, de heróis e aventuras que o Vigário comprava das Paulinas e incentivava a leitura dos mesmos. Ao lê-los, eu me identificava com alguns santos e heróis e desejava ser como eles, para poder fazer o bem às pessoas. Às vezes, até me imaginava distante da família, em missão e isso me dava muita alegria e força interior. A fantasia ia longe, e o jovem coração também.
Depois, já na Congregação das Irmãs Paulinas, as formadoras também incentivavam muito a leitura, principalmente durante as férias. Era um prazer escolher um livro para as férias.
Daí nasceu a minha vocação, meu amor à comunicação, às pessoas. E a missão paulina, fui entendendo aos poucos, até hoje.

2. Como conheceu a Congregação?

Conheci primeiramente os frutos do trabalho da Congregação, a Revista, os livros; e também através das minhas quatro tias paulinas. Outra oportunidade foi o contato com as irmãs que passavam alguns dias de férias na casa de minha bisavó. Numa dessas férias, uma Filha de São Paulo, hoje falecida, perguntou-me à queima-roupa se eu queria ser irmã, ao que respondi imediatamente que sim. O ideal de fazer o bem já era claro em mim, porque em casa já tinha muitas oportunidades de ajudar meus pais e irmãos, mas onde e como realizar meu sonho, não sabia. Na verdade, nem desejava ser religiosa porque cultivava um ideal muito perfeito de vida religiosa e não me sentia à altura. Sentindo-me à altura ou não, ingressei na congregação no dia 25 de janeiro de 1960.

Não perca, na segunda-feira tem mais...

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Junioristas se encontram

Com alegria e gratidão, nos dias 26 a 28 de março, nós junioristas das comunidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Maringá, no total de 8 irmãs, estivemos reunidas em nossa Casa Provincial para o primeiro encontro do novo projeto de formação para o juniorato.

Aprofundamos a centralidade de nossa vida em Jesus Caminho, Verdade e Vida,
de onde emana a vida nova que nos sustenta nesta caminhada para um horizonte que alarga nossa visão e missão de comunicadoras do Mestre Jesus.

Nós junioristas, nos alegramos com este incentivo e empenho da província em nossa formação paulina, para que possamos caminhar com solidez, maturidade e alegria. Contamos com a oração de todas para um bom êxito deste projeto em nossas vidas.