terça-feira, 31 de julho de 2012

Jesus escolhe os apóstolos

Assista conosco esse pequeno fragmento de um filme em que Jesus escolhe, entre seus discípulos, doze deles para o segui-lo mais de perto, e os envia em missão. Assim como mostra no filme, temos a certeza que Jesus continua ainda hoje chamando pessoas para segui-lo mais de perto. Você já pensou nisso?
FONTE:You tube (Fragmento retirado do / Filme: JESUS - A Maior História de todos os tempos)

domingo, 29 de julho de 2012

Oração do Comunicador

Concedei-nos a graça de utilizar
os meios de comunicação social
-- imprensa, cinema, rádio, audiovisuais... --
para a manifestação de vossa glória
e a promoção das pessoas.


Suscitai vocações para essa multiforme missão.
Inspirai os homens de boa vontade
a colaborarem com a oração,
a ação e o auxílio material,
para que a Igreja anuncie
o Evangelho a todos os homens
através desses instrumentos. Amém!
(Bv. Tiago Alberione)


sábado, 28 de julho de 2012

Dicas sobre o Youcat

10 maneiras de usar o YOUCAT nos ambientes jovens!




1- Líderes jovens

Dê um YOUCAT aos jovens que tem posições de liderança dentro dos grupos de jovens.

2- Líderes adultos

Dê um YOUCAT aos adultos voluntários para que os auxilie em seus debates e ensinamentos.


3- Presente de Boas-Vindas

Dê um YOUCAT como presente de boas-vindas aos jovens (e adolescentes) que se juntarem ao grupo de jovens.



4- Kits de Retiro

Inclua o custo do YOUCAT no valor da inscrição de retiros para que cada jovem (e adolescente) tenha um exemplar.


5- Presente de formatura

Dê um YOUCAT como presente de formatura de ensino fundamental e médio.


6- Auxílio devocional

Inclua o YOUCAT nos encontros devocionais da semana, desafiando os jovens a se aprofundarem em seu entendimento da fé.


7- Líderes de pequenos grupos

Dê um YOUCAT aos jovens e adultos que lideram pequenos grupos ou reuniões periódicas.


8- Ao fazer uso da Capela

Deixe cópias do YOUCAT nas capelas do Santíssimo.


9- Estudo da Bíblia Católica

Dê um YOUCAT aos jovens participantes de grupos de estudo bíblico.



10- Eventos do grupo de jovens

Inclua, regularmente, o YOUCAT nos eventos do grupo de jovens como uma fonte de respostas, ensinamento e informações adicionais.











quarta-feira, 25 de julho de 2012

Os avós de Jesus

Ana e seu marido Joaquim já estavam com idade avançada e ainda não tinham filhos. O que, para os judeus de sua época, era quase um desgosto e uma vergonha também.

Assim, toda esposa judia esperava que dela nascesse o Salvador e, para tanto, ela tinha de dispor das condições para servir de veículo aos desígnios de Deus, se assim ele o desejasse. Por isso a esterilidade causava sofrimento e vergonha e é nessa situação constrangedora que vamos encontrar o casal.

Mas Ana e Joaquim não desistiram. Rezaram por muito e muito tempo até que, quando já estavam quase perdendo a esperança, Ana engravidou. Não se sabe muito sobre a vida deles, pois passaram a ser citados a partir do século II, mas pelos escritos apócrifos, que não são citados na Bíblia, porque se entende que não foram inspirados por Deus. E eles apenas revelam o nome dos pais da Virgem Maria, que seria a Mãe do Messias.

No Evangelho, Jesus disse: "Dos frutos conhecereis a planta". Assim, não foram precisos outros elementos para descrever-lhes a santidade, senão pelo exemplo de santidade da filha Maria. Afinal, Deus não escolheria filhos sem princípios ou dignidade para fazer deles o instrumento de sua ação.

Maria, ao nascer no dia 8 de setembro de um ano desconhecido, não só tirou dos ombros dos pais o peso de uma vida estéril, mas ainda recompensou-os pela fé, ao ser escolhida para, no futuro, ser a Mãe do Filho de Deus. Em 1913 a Igreja determinou que os avós de Jesus Cristo deviam ser celebrados juntos, no dia 26 de julho

Um encontro que transforma


- O que este encontro de Jesus com a Samaritana diz para mim?
- O que mais me chama atenção?


terça-feira, 24 de julho de 2012

Dica de leitura

<>
Este livro se propõe lançar luzes sobre o nosso entendimento quanto ao universo da denominada Geração Net, que nasceu no contexto da cultura midiática e foge dos parâmetros que imprimimos às nossas análises.
Tem como objetivo tentar estabelecer uma relação interativa que abarque a troca de experiências, possibilitando a apreciação mútua e o crescimento tanto dos relacionamentos quanto da espiritualidade e do campo profissional.
Mais do que a busca de conhecimento, trata-se agora de descobrir como articular esse saber, considerando-se as relações humanas tão necessárias à totalidade do ser. (Adquirir LIVRO)

domingo, 22 de julho de 2012

Cristo vive en me


sábado, 21 de julho de 2012

ORAÇÃO OFICIAL DA JMJ


Ó Pai, enviaste o Teu Filho Eterno para salvar o mundo e escolheste homens e mulheres para que, por Ele, com Ele e nEle, proclamassem a Boa-Nova a todas as nações. Concede as graças necessárias para que brilhe no rosto de todos os jovens a alegria de serem, pela força do Espírito, os evangelizadores de que a Igreja precisa no Terceiro Milênio.

Ó Cristo, Redentor da humanidade, Tua imagem de braços abertos no alto do Corcovado acolhe todos os povos. Em Tua oferta pascal, nos conduziste pelo Espírito Santo ao encontro filial com o Pai.
Os jovens, que se alimentam da Eucaristia, Te ouvem na Palavra e Te encontram no irmão, necessitam de Tua infinita misericórdia para percorrer os caminhos do mundo como discípulos-missionários da nova evangelização.
Ó Espírito Santo, Amor do Pai e do Filho, com o esplendor da Tua Verdade e com o fogo do Teu Amor, envia Tua Luz sobre todos os jovens para que, impulsionados pela Jornada Mundial da Juventude, levem aos quatro cantos do mundo a fé, a esperança e a caridade, tornando-se grandes construtores da cultura da vida e da paz e os protagonistas de um mundo novo.
 Amém!

quinta-feira, 19 de julho de 2012

"Amigo é coisa pra se guardar"


"Amigo é coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito... dentro do coração!"- Esta canção do Milton Nascimento e Fernando Brant, tão conhecida, expressa a importância de ter amigos e de ser amigo de alguém. Finais de semana e feriados proporcionam mais mais ocasiões de encontrar-se com eles.
Que alegria nos causa a presença de um amigo sincero. Mesmo porque, amigos "mesmo" são poucos no decorrer da vida.Teremos bons amigos, entretanto, a maioria serão colegas; aqueles que encontramos todos os dias, numa "amizade ritual", com uma linguagem. O amigo sincero é aquele com quem temos coragem de partilhar nosso "sagrado", nossa intimidade.
www.sxc.hu
 Porém, toda amizade passa por fases, e a amizade madura é aquela que venceu a fase da possessividade, que sabe valorizar o outro por aquilo que é, e não por aquilo que gostaria que fosse, que dá a liberdade de dizer a verdade sobre si e sobre o outro. O amigo sincero sabe sabe escutar, respeitar o "espaço" do outro, não invade. A melhor forma de saber se somos amigos de alguém é perceber se continuamos à vontade e sem constrangimento a seu lado, quando ficamos calados.
Não existe um amigo perfeito, mas a essência de uma verdadeira amizade está em dar permissão para os pequenos lapsos do outro. Há alguns entraves para o cultivo de sincero de uma amizade. Por exemplo: Quando tomamos a atitude do isolamento ou um namoro possessivo.
Fonte: Google
A amizade sincera tem um valor instimável para a maturidade humana e para o bem-estar de toda pessoa. Tenha coragem de manifestar seu amor a seus amigos(não só pela internet), afinal eles são sinais do Grande Amigo: Jesus Cristo! E ainda em tempo: "Quem encontrou uma amigo, encontrou um tesouro"(Eclo 6,14). E que tesouro é ter amigos! Especialmente se são "bons amigos que nasceram pela fé". Só o sabe quem tem, só não tem quem não cultiva.

quarta-feira, 18 de julho de 2012

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Encontro de Junioristas

Neste mês de julho as Irmãs Junioristas (Irmãs de votos temporâneos) estiveram reunidas em São Paulo para seu encontro anual de Junioristas. Este ano refletiram o tema: A Internet: competência e responsabilidade, que foi assessorado pela Ir. Pina Riccieri (Irmã Paulina que mora na Itália).

O encontro foi marcado por profundos momentos de partilha, oração e principalmente reflexão sobre este tema tão atual e presente noa missão das Irmãs Paulinas. 


sábado, 14 de julho de 2012

Precisa-se!

Não é difícil encontrar por aí aquelas placas ou cartazes com a palavra em destaque: Precisa-se! Geralmente, só o fato de vê-las já causa alegria: acende-se a esperança naquele que está à procura de emprego, ou a alegria de poder dar a notícia a alguém que precise.

No campo da espiritualidade, também devemos estar atentos aos cartazes de "precisa-se" colocados em lugares estratégicos para nós. Sabemos que Deus não precisa de nós, mas  temos convicção de fé que ele quis precisar, como contou com os profetas, com Maria, com Paulo e tantos outros, para que sua mensagem de amor chegasse a nós.

Isso sem contar que, em cada irmão é o próprio Deus que nos convoca. E toda convocação, todo chamado, vem acompanhado de uma missão.
No sentido cristão, a missão é a responsabilidade de todo batizado de evangelizar, é o compromisso intríseco à fé verdadeira, é a necessidade de anunciar o acontecimento que pode mudar a vida de todo ser humano: Jesus!
E é ele mesmo quem convocou os discípulos e hoje faz o mesmo convite a cada um de nós: vem e segue-me!
  
E, como já afirmamos acima é um convite  todo os batizados, pois o missionário não é apenas aquele que entrega toda sua vida numa vocação específica, consagrada ao serviço do reino; missionário sou eu e você, independentemente de ministério. E é maravilhoso ver crescer em nossa Igreja, diante das necessidade de nosso tempo, uma multidão de jovens e casais consagrados à missão, reconhecendo serem responsáveis pela evangelização daqueles que estão ao seu redor. Cada vez mais, aumenta a consciência do que é ser missionário. Não é preciso  ir ao outro lado do mundo e, em alguns casos, nem para o outro lado da rua; afinal de contas, a missão começa em casa, nossa Igreja doméstica.
Para ser missionário não é fundamental que eu saiba pregar ou falar de Deus para alguém; na verdade, muitas vezes o falar é totalmente indispensável. O que é imprescindível é o testemunho, o modo de viver, os pequenos gestos e sinais que demonstram se nossa fé é verdadeira, ou apenas uma "bela fachada"... Para ser missionário, é indispensável ouvir e responder positivamente ao apelo de Jeus: "Precisa-se" de operários para a messe" "Preciso de você! Conto com você!" E o apelo de Jesus se dá especialmente pela sua Igreja, que ultimamente tem nos chamado, insistentemente, a sermos discípulos e missionários de Jesus Cristo.
Não tenha medo! Deus quer precisar de você e vai lhe dar condições para ser fiel ao seu chamado, no seu estado de vida, no seu dia a dia, na escola ou no trabalho, fazendo sua fé frutificar e seu Batismo gerar outros batismos.
Nada melhor do que responder ao "precisa-se" de Deus com o seu generoso: "Eis-me aqui envia-me".


quinta-feira, 12 de julho de 2012

Campanha da Fraternidade 2013

As oportunidades e os desafios que as novas mídias colocam diante dos jovens: esse é o tema principal da reflexão feita por Dom Eduardo Pinheiro da Silva, presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude, da CNBB. Veja abaixo a íntegra do artigo A Juventude e a Cultura Midiática, feito para o encontro de preparação do texto-base da Campanha da Fraternidade de 2013, cujo tema será "Fraternidade e Juventude" e o lema, "Eis-me aqui, envia-me!" (Is 6,8).

“FRATERNIDADE E JUVENTUDE”
- “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8) -
(Reflexão para o encontro de preparação do texto-base – 18/10/2011)
A Juventude e a cultura midiática
“Convido sobretudo os jovens a fazerem bom uso da sua presença no areópago digital.” (Bento XVI)
Introdução
De uma maneira ou de outra, a Igreja sempre trabalhou junto aos jovens; nossa história de evangelização da juventude no Brasil é rica de propostas e sucessos.
Estamos vivendo numa época muito forte de opção efetiva eclesial pela juventude em nosso país. A CNBB vem investindo para que todos os jovens a ela confiados possam encontrar acolhida, espaços, orientação e motivação. Entre tantos sinais desta opção destacamos: o documento ‘Evangelização da Juventude – desafios e perspectivas pastorais’ aprovado em 2007 e dirigido a todas as expressões de trabalho juvenil; o incentivo para que se garanta espaço de unidade na instância diocesana criando o Setor Juventude; o site www.jovensconectados.org.br organizado em 2010 com jovens voluntários ligados às áreas da comunicação e vindos de vários cantos do país e expressões de trabalho juvenil; o pedido oficial feito ao papa em 2007 pela CNBB para que a Jornada Mundial da Juventude pudesse acontecer no Brasil; a organização da 1ª.

A missão da Igreja e a CF 2013
A Igreja, ciente do mandato missionário recebido de Jesus Cristo, tem a responsabilidade de defender e de promover a vida de todos. Neste mundo midiático com esta nova cultura desafiadora a Igreja é chamada a se posicionar na perspectiva do anúncio, da denúncia, da motivação, da co-responsabilidade, da divulgação daquilo que contribui.

A CNBB a partir de sua Campanha da Fraternidade, com o intuito de ser uma voz profética e transformadora para a vida do povo, escolhe o tema ‘Juventude’ para 2013 e se posiciona  a favor do enfrentamento deste eixo complexo da cultura midiática: assunto atual e de suma importância para a Igreja e para a Sociedade.

Ao abordar o tema da Juventude e da cultura midiática na qual ela se faz presente interagindo, a CF 2013 visa tanto os jovens quanto os adultos em seu processo de amadurecimento enquanto cristão e cidadão, ser de relação e chamado à vida plena. Seus objetivos seriam vários, por exemplo: melhor compreensão das novas tecnologias e seus efeitos na vida pessoal, eclesial e social; valorização da novidade que surge e capacitação para utilizá-la eticamente para o bem de todos; auxiliar os jovens a se conhecerem nesta nova realidade virtual, criando consciência crítica diante das novas oportunidades e capacitando-os para o uso adequado das mesmas; provocação aos educadores eclesiais e sociais da juventude (pais, professores, assessores, evangelizadores, pastores, catequistas...);  como usar as Redes Sociais para o crescimento pessoal, para evangelização, para as grandes lutas do povo a favor da vida.  Enfim, como conviver com toda esta realidade, capacitando-nos para um melhor aproveitamento desta novidade em prol da justiça, da fraternidade, da corresponsabilidade de todos para com todos na dinâmica de desenvolvimento pessoal, eclesial e social?

“Eis-me aqui, envia-me”
O lema escolhido ressalta o reconhecimento da parte da Igreja do valor do jovem, provocando neles este compromisso de serem comunicadores da vida e da verdade que liberta os filhos de Deus de todas as amarras, escravidões, condicionamentos. O 'eis-me aqui, envia-me’ é a voz forte do jovem que, repleto de sonhos e com grande auto-estima, se coloca à disposição para ajudar a todos nós a navegarmos em águas profundas neste mundo virtual que lhe é caro e próprio.

O jovem tem muito a nos dizer!
Mais do que nunca podemos afirmar: se nossa opção pelos jovens não for consciente, intencional, efetiva, teológica, devemos fazê-la por uma urgente necessidade de sobrevivência! Se aproximarmos este novo dos jovens com a experiência que o mundo adulto tem, muitas coisas poderão mudar e melhorar! A Igreja e a Sociedade já estão nas mãos deles: acolhamos com respeito o que eles têm para nos ensinar! Eles são, acima de tudo, o presente, chamados a conduzir-nos para um novo tempo. Em certo sentido nós, adultos, dependemos mais dos jovens do que eles de nós!
Brasília, 18 de outubro de 2011
Dom Eduardo Pinheiro da Silva, sdb

terça-feira, 10 de julho de 2012

sexta-feira, 6 de julho de 2012

“Aquele que vos chamou é fiel.”

Dos dias 30 de junho a 1º de julho, a nossa comunidade Rainha dos Apóstolos teve a alegria de receber às jovens Keiti (Porto Ferreira-SP), Viviane (Várzea Paulista-SP) e Janaina e Vanessa (São Paulo-SP).


Keiti

Esta convivência foi marcada pela presença amorosa de Deus e do Apóstolo são Paulo, pois por meio da reflexão de sua vida as jovens puderam traçar um paralelo com seu caminho e caminhada cristã.
Vanessa
 As jovens se mostraram desejosas de aprofundar cada vez mais na caminhada de Discernimento Vocacional, para assim conhecer melhor o Carisma e Missão das Irmãs Paulinas. No sábado (30/06) as jovens puderam participar da Primeira Profissão Religiosa das irmãs Mery, Daiane e Karina, que para elas foi um momento de muita graça de Deus, pois ficaram muito felizes por poder participar da celebração.
Janaina
Agradecemos a Deus pela vida dessas jovens e rezemos para que o Senhor da messe envie mais operários para a sua messe.
Viviani

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Logo da JMJ 2013

terça-feira, 3 de julho de 2012

Irmãs Paulinas celebram Jubileu de Ouro

Na tarde do dia 1º de julho de 2012, na Casa de Oração das Irmãs Paulinas, em São Paulo, a Família Paulina celebrou os 50 anos de consagração das Irmãs: Elsa Berta, Elsa Lumertz Justo, Élide Fogolari, Ires Masotti, Isabel Centenaro, Ivani Pulga, Majorina Zanatta, Maria Luiza Ricciardi, Ninfa Becker e Amália Zanatta (in memória).

Foi uma linda celebração Eucarística, que contou com a presença dos familiares das irmãs, membros da Família Paulina, amigos e sacerdotes.  A celebração foi presidida por Dom Dimas, bispo de Campo Grande.
Acompanhe conosco algumas fotos que retratam a profundidade deste momento em que sintetizou os 50 anos de fidelidade e doação de nossas irmãs jubilandas.

Parabéns pelo SIM de cada dia!

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Entrevista com a Ir. Ninfa Becker

1. Irmã Ninfa, qual o texto bíblico que iluminou sua caminhada ao longo desses 50 anos de vida consagrada?
Foram muitos os textos bíblicos que animaram  e iluminaram minha caminhada, que me deram forças,  luzes  no cotidiano da minha vida consagrada paulina.  A Palavra de Deus que a Igreja nos oferece cada dia na Eucaristia, sempre foi e é  para mim grande luz, alimento, força para caminhar, para cada dia recomeçar;  ela traça e orienta meu dia....   ilumina as circunstancias,  os acontecimentos, os momentos difíceis e  alegres  no caminho do seguimento  do Mestre Jesus.
Com esta Palavra  me confronto,  ela me guia e acompanha,  ela me lança para a missão,  para amar o próximo, para a doação, para o serviço,  ela abre o meu  coração para nele morar e transformar...  esta Palavra é uma pessoa viva, imensamente querida  e  amada: Jesus Cristo, nosso Mestre e Senhor!   
Conforme as circunstâncias da vida  e  o  meu processo de crescimento integral  que ainda não  terminou,  sou iluminada por diferentes frases da Palavra, que medito e procuro assimilar  e praticar  cada dia, como por exemplo:

"Não vim para ser servido, mas para servir e dar a vida!" (Mt 20,28)

"O que é que você possui que não tenha recebido?"  (1Cor 4,7)  

"Façam tudo com amor!" (1Cor 16,14)

"Vim para fazer a tua vontade ó Pai e não a minha!"

"Não temas, eu estou contigo!" (Jer 1,8)

"Levamos este tesouro em vasos de barro!" (2Cor 4,7)
 

2. Como você conheceu a Congregação das Irmãs Paulinas?
Desde que me conheço por gente,  trazia em meu coração o desejo de  ser religiosa, e Deus foi-se servindo de mediações  para  chamar-me  através de minha  tia que  tinha uma filha  com as irmãs Paulinas.  Ela  sabia do meu desejo e quando apareceram as Irmãs Paulinas,  realizando a missão  em minha cidade,  a tia  levou-a até minha casa. Ao entrar, a irmã perguntou-me: é você que vai comigo? eu respondi: sim!  Tinha então 13 anos de idade. E alguns dias mais tarde estava pronta para partir com a irmã para Porto Alegre-RS, onde iniciei o caminho de preparação.
 3. Você recorda um momento significativo de sua caminhada em que sentiu a  mão de Deus sobre você?
Acredito que a mão de Deus esteve sempre sobre mim, desde que Ele me criou...  sempre me conduziu, me amou.  Mesmo que nem sempre eu  O tenha percebido.
Foram muitos  os momentos significativos no meu caminhar,  entre eles a profissão perpetua, a minha entrega definitiva a Deus;  a missão exercida junto ao povo nas Semanas Bíblicas,  a missão que me foi confiadas na formação, e no serviço de governo, para mim tudo foi dom e graça do  Senhor!   E outras experiências marcadas também por  sofrimentos...  ali encontrei o Senhor no seu infinito e imenso amor por mim,  criatura, ínfima, pequena mas amada por Ele.  Brota espontâneo  em mim  o sentimento de  profunda gratidão  a Deus,  por tudo!
 
4. Que setores da Missão Paulina você já trabalhou?
No decorrer destes 50 anos exerci a missão em muitas atividades. Lembrando assim rapidamente, no início, trabalhei no setor de acabamento, colaborando na confecção de livros para a difusão da boa leitura,  na gráfica, na livraria.  Mais tarde no apostolado das  visita às  famílias,  nas Semanas Bíblicas, em muitas  cidades,  apostolado maravilhoso que muito amo.
Depois de uma maior preparação  foi-me pedido o serviço na formação, espaço onde dediquei  muitos e longos anos de minha vida, com muita alegria e gratidão.
 
6. Deixe uma mensagem para as jovens que hoje desejam seguir Jesus mais de  perto no Carisma Paulino.
Rezo por você,  um abraço com muito carinho,  
Ir. Ninfa Becker

domingo, 1 de julho de 2012

Primeira Profissão Religiosa

Em uma linda manhã do dia 30/06/2012, festa de São Paulo Apóstolo, a nossa Congregação(das Irmãs Paulinas) ganhou mais três Filhas de São Paulo. São elas: Ir. Daiane Aparecida de Abreu, Ir. Karina de Carvalho e Ir. Mery Elizabeth de Sousa, que emitiram seus primeiros votos na Capela da Cidade Regina, localizada na Casa de Oração das Irmãs Paulinas - Raposo Tavares-SP.
Depois de aproximadamente seis anos de formação nossas  jovens fizeram os votos de pobreza, obediência e castidade na  Congregação das filhas de São Paulo.

Foi uma celebração linda, em um clima orante e de muita alegria que transparecia no rosto de todos que estavam lá reunidos, entre eles, seus familiares, membros da Família Paulina e amigos.
Da esq. para dir. Ir. Mery, Ir. Karina e Ir. Daiane
 Acompanhemos nossas irmãs com nossa oração neste momento tão especial de suas vidas, que generosamente elas dizem SIM, colocando suas vidas a serviço do povo de Deus no carisma paulino.
No final da missa, a superiora provincial, Ninfa Becker, dirigiu suas palavras de apoio e fé parabenizando nossas jovens irmãs e as enviando para suas novas terras de missão.

São Pedro e São Paulo!

Celebramos hoje na Igreja a Festa dos apóstolos Pedro e Paulo. Eles são colocados lado a lado, pela tradição da Igreja, e embora tenham realizado missões distintas, viviam a mesma fé e a mesma vocação. Pedro foi o apóstolo escolhido por Jesus pessoalmente e, a ele Jesus disse: "Tu és Pedro e sobre essa pedra eu edificarei minha Igreja" (cf. Mt 16,18). Já Paulo, não conheceu Jesus pessoalmente, mas se considera tão apóstolo quanto Pedro. No início da Carta aos Romanos, se apresenta como "servo de Jesus Cristo, chamado para ser apóstolo, escolhido para o Evangelho de Deus" (Rm 1,1). Sua experiência com Jesus acontece por meio da fé. Poderíamos dizer, como nós, que não conhecemos Jesus, mas que somos também apóstolos e apóstolas por vocação, por meio da nossa fé.


Esses dois apóstolos, celebrados no mesmo dia, são de fato, para a Igreja as colunas, os primeiros a conservar no amor e na fidelidade a fé em Jesus Cristo vivo e ressuscitado. São também mártires, deram suas vidas por essa fé que professaram.

O Pe. Tiago Alberione, quando fundou as congregações da Família Paulina, não teve dúvida, escolheu o apóstolo Paulo como pai e protetor, aliás, considera que foi escolhido por Paulo para continuar a missão de anunciar o Evangelho.

"A Família Paulina foi suscitada por São Paulo para continuar sua obra. É São Paulo vivo, mas composto hoje de muitos membros. Não fomos nós que escolhemos São Paulo, foi ele quem nos escolheu e nos chamou. Quer que façamos aquilo que ele faria se vivesse hoje... Ele utilizaria os mais altos púlpitos erguidos pelo progresso hodierno: imprensa, cinema, rádio, televisão; as maiores descobertas da doutrina de amor e de salvação: o Evangelho de Jesus Cristo."

Com toda a Igreja a Família Paulina celebra a festa dos apóstolos Pedro e Paulo e pede a proteção e a coragem para que anunciemos a Palavra do Senhor em todas as circunstancias e com todos os meios que o progresso inventar.

São Pedro e São Paulo, rogai por nós e pela Igreja de Jesus Cristo!