quarta-feira, 27 de abril de 2016

Memória da Beatificação do Padre Tiago Alberione

No dia 27 de abril de 2003 o papa João Paulo II declarou o Padre Tiago Alberione Bem-aventurado!
Padre Tiago Alberione, Fundador da Família Paulina, foi um dos mais carismáticos apóstolos do século XX. Nasceu em San Lorenzo di Fossano (Cuneo, Itália), no dia 4 de abril de 1884. Recebeu o batismo já no dia  seguinte. A família Alberione, constituída por Miguel e Teresa Allocco e por seis filhos, era do meio rural, profundamente cristã e trabalhadora.
O pequeno Tiago, o quarto filho, desde cedo passa pela experiência do chamado de Deus: na primeira série do ensino primário, quando a professora Rosa perguntou o que seria quando se tornasse adulto, ele respondeu: Vou tornar-me padre! Os anos da infância se encaminham nessa direção. Cresceu, tornou-se padre e sentiu-se chamado a uma nova missão na Igreja: "Comunicar a todos Jesus Mestre, com todos os meios que o progresso humano viesse a desenvolver". Foi assim que ele fundou a Família Paulina.

No dia 26 de novembro de 1971 deixou a terra para assumir o seu lugar na Casa do Pai. As suas últimas horas tiveram o conforto da visita e da bênção do papa Paulo VI, que jamais ocultou a sua admiração e veneração pelo Padre Alberione. Foi comovente o testemunho que deu na Audiência concedida à Família Paulina em 28 de junho de 1969 (o Fundador tinha 85 anos). Disse o papa Paulo VI:
«Aí está ele: humilde, silencioso, incansável, sempre vigilante, sempre entretido com os seus pensamentos, que se mobilizam entre a oração e a ação, sempre atento para perscrutar os "sinais dos tempos".
Em 25 de junho de 1996 o papa João Paulo II assinou o Decreto por meio do qual eram reconhecidas as virtudes heróicas de Alberione.
Foi beatificado por João Paulo II, no dia 27 de Abril de 2003, na Praça de S. Pedro, em Roma.
Fonte: www.vatican.va
Oração
Senhor, glorificai na vossa Igreja o bem-aventurado Tiago Alberione.
Que ele seja para nós exemplo e intercessor no caminho

de nossa santificação e de nosso apostolado.
Ajudai-nos em nosso trabalho de evangelização,
a fim de que a presença de Jesus Mestre,
se irradie no mundo por meio de Maria, Mãe e Rainha dos Apóstolos.
Concedei-me a graças que agora vos peço... 
Pai Nosso... Ave Maria... Glória ao Pai...


Sua origem é humilde, de pobreza de bens e de saúde. Poderá haver quem tenha dito que sua vida seria curta. Porém, com a graça de Deus foram  87 anos que viveu fazendo o bem. Sua fraqueza física nunca o fez desanimar ou desistir de caminhar rumo a santidade. 
"Agradeço-vos, ó Senhor, por me terdes dado bons pais, ótimo pároco, excelente professora...
Este ambiente foi força decisiva na minha formação.
Contudo, Senhor, os germes da vocação, eu os recebi de vós desde a minha criação.
Vós me fizestes senti-los desde meus sete anos, e a seguir os cultivastes com infinitas graças."  

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Antonio Cardoso - Eu sou a porta (Clipe Oficial)

Uma música bonita, para iniciarmos a semana em comunhão com o nosso Mestre, Jesus!
Ele é o nosso abrigo seguro! Confiemos Nele!


sexta-feira, 15 de abril de 2016

Irmãs Paulinas e jovens em formação participam da Romaria Nacional da Juventude em Aparecida

As Irmãs Paulinas que residem em São Paulo, Adilse Xavier, Janete Leal, Daiane Aparecida, Osnilda Lima, Maria José Aguiar, Solange da Silva e Vanderlane Araújo, juntamente com as jovens em formação: Noviças, Postulantes, Pré-postulantes e Aspirantes, participaram nos dia 09 e 10 de Abril da primeira Romaria Nacional da Juventude que aconteceu na cidade de Aparecida – SP. A Romaria Nacional da Juventude foi uma iniciativa da CNBB em parceria com a coordenação do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.
Foi um final de semana com uma programação intensa, onde houve momentos de Catequeses nas tendas montadas no território do Santuário, com temas variados e dadas pelos Bispos; show com cantores católicos; tendo como ponto alto da Romaria a Vigília Nacional da Juventude junto com os Bispos de todo o país que estavam reunidos para a Assembleia Nacional do Episcopado. Um momento de louvarmos a Deus pelo dom de sermos Igreja!
Este também foi um momento rico para o contato vocacional com as jovens através da distribuição de subsídios vocacionais e a abordagem feita por cada uma com serenidade. O momento foi propício para o testemunho alegre de nossa juventude consagrada ao Senhor. É possível sim ser jovem, ser consagrada e ser muito feliz! 

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Memória do nascimento do Bem-aventurado Pe. Tiago Alberione, Fundador da Família Paulina

Padre Tiago Alberione nasceu em 04 de Abril de 1884 e soube viver no seu tempo vislumbrando o futuro, com o olhar de Deus. Desde muito cedo sentiu que a sua vocação era ser sacerdote e para esta vocação orientou todas as suas energias.

Aos 16 anos de idade, Tiago Alberione decidiu “preparar-se para fazer alguma coisa por Deus e pelos homens do século XX”. Sentiu a necessidade de uma renovação pastoral, de colocar a serviço do Evangelho os meios que o progresso humano oferece, de formar novos apóstolos, em sintonia com o progresso das ciências e com as novas invenções tecnológicas.

O Evangelho não muda, mas mudam as linguagens, os meios e o modo de comunicá-lo. Jesus é “o comunicador perfeito”, porque falava plenamente inserido no contexto do seu tempo. A exemplo do Mestre Jesus e estimulado por São Paulo, o Padre Tiago Alberione procurou o modo e os meios mais adequados para comunicar a todos a Boa-Nova de Jesus Cristo Caminho, Verdade e Vida. Neste sentido, ele se antecipou a sua época e as decisões que viriam depois com o Concílio Vaticano II em relação ao uso dos meios de comunicação para a evangelização.

Fisicamente, era um homem de saúde frágil. Evitava colocar-se em evidência. Mas, desenvolveu ao máximo o sentido da laboriosidade herdada de sua família, e a coragem excepcional para fundação dos dez institutos que constituem a Família Paulina. Foi líder eficaz, excelente realizador e trabalhador incansável.
A preocupação apostólica, a atividade intensa, a visão universal de Tiago Alberione situam-se no horizonte de sua experiência de fé e da confiança inabalável em Deus Trindade, que conduz a história. A intensa vida de oração, alimentada pela palavra de Deus e pela Eucaristia, era a fonte cristalina de onde brotava sua visão profética da realidade e da história. Sua preocupação apostólica vai muito além do tempo e do lugar onde sua atividade acontecia.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

#DespertarVocacional Ydania Imbacuan, Noviça Paulina

Quer conhecer melhor a nossa missão?
Entre em contato conosco: 11- 3043-8100
irmaspaulinas@hotmail.com
facebook.com/irmaspaulinas