segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Missão Jovem em Porteiras-CE

        A missão Paulina não tem fronteiras, nos leva a lugares que não conhecemos ou que jamais imaginaríamos estar. Diante disso fica a certeza: É o Senhor que nos leva e nos dá a oportunidade de experimentar a alegria da missão, da convivência, da partilha de vida com tantas outras vidas que, de uma hora pra outra, com um simples gesto de acolhimento, começam a fazer parte de nós e da nossa história.
            Foi assim que nos do dia 29 de julho ao dia 02 de agosto nós, Irmãs Paulinas, estivemos em missão na cidade de Porteiras-CE, cidade que fica a 540 km da capital, Fortaleza.
            O principal objetivo destes dias foi reunir os jovens da cidade para alguns dias de formação, visita as famílias, debates, momentos de reflexão, de partilha e oração, levando-os a participar da realidade da comunidade para juntos perceber e acolher os motivos que temos para ter uma vida inserida da comunidade paroquial.
            Visitar as famílias foi um ponto essencial. Saímos de porta em porta, convidando todos os jovens, inclusive aqueles que não eram engajados em nenhum Movimento ou Pastoral. A nossa alegria foi ver que durante esses dias cerca de 150 jovens estiveram presentes, participando das atividades. E um grupo menor, com cerca de 50, assumiram juntos a responsabilidade de continuar a se reunir e continuarem a caminhar impulsionados pelo desejo de servir, acolhendo no dia a dia as propostas do Pai, fazendo a diferença, sendo luz e testemunha na vida dos que estão ao seu redor.
            Nosso sentimento é gratidão a Deus que nos envia em missão, a cada jovem que esteve presente, aos paroquianos da Igreja Nossa Senhora da Conceição em Porteiras e suas comunidades, ao Pe. José Sampaio que com tanto entusiasmo nos acolheu de braços abertos.
            Que possamos continuar a caminhar como Igreja missionária, que vai ao encontro do outro, pois como nos diz Dom Helder Câmara: Missão é sempre partir, mas não devorar quilômetros. É, sobretudo, abrir-se aos outros como irmãos. Descobri-los e encontrá-los.
Acompanhe a seguir as fotos dessa missão.             
Irmã Gizele Barbosa, fsp
 
 
 
 
 
 

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!