sábado, 8 de março de 2014

Quem é você, mulher?

 
Quem é você, mulher, que tem em suas mãos o poder de toda transformação?

Quem é você, mulher, que faz de um pequeno lugar um ninho de amor e de afeição?

Quem é você, mulher, que abriga dentro de si o calor do afeto, a força do universo e a mansidão do amor?

Quem é você, mulher, que é capaz de sorrir, quando sente vontade de chorar, que é capaz de calar, quando quer falar, que é capaz de rezar, quando custa crer?

Quem é você, mulher, que acredita no amor, quando à sua volta reina desamor; que é capaz de amar, quando todos ensinam a odiar; que busca sem trégua a verdade, num mundo de mil mentiras, que é capaz de perdoar, quando todos querem condenar?

Quem é você, mulher, que afaga, que critica, que repreende, que educa, que defende, que incentiva, que corrige e que ensina a orar?

Você repete sim à verdade, você repete sim à paz, você repete sim à coragem, ao carinho, à fé e ao amor, porque você é verdade, porque você é carinho, é dedicação, é fé, é união, é coragem, é amor e, sobretudo, porque você é Mulher!
 (Marinês N.G. Prado)

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!