sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Entrevista com a Ir. Ivani Pulga

Neste ano de 2012, algumas Irmãs Paulinas celebram 50 anos de consagração na vida Paulina. Nossa equipe do blog publicará as entrevistas que fizemos com elas, onde as mesmas partilham suas experiências de fé vividas ao longo desses 50 anos.
Quem partilha hoje é a Ir. Ivani Pulga, natural da cidade de União da Serra - RS. Confira:

1. Irmã Ivani, qual o texto Bíblico que iluminou sua caminhada ao longo   desses 5º anos de vida consagrada?
Toda Palavra de Deus é luz e caminho para mim, mas o que mais me convida a viver é a passagem do Evangelho em que Jesus diz: "Deus revela seus segredos aos simples e humildes de coração...." e a passagem de São Paulo: "Nada poderá me separar do amor de Cristo...."

 2. Como você conheceu a Congregação das Irmãs Paulinas?
Foi em 1953 quando uma das irmãs Paulinas passou em nossa vila. Neste momento a minha irmã mais velha sentiu-se também chamada e já entrou, e mais tarde eu também entrei.

3. Você recorda um momento significativo de sua caminhada em que sentiu a  mão de Deus sobre você?
Hoje depois de 50 anos de caminhada sinto que Deus nunca tirou a sua mão me protegendo, iluminando, conduzindo e sobretudo me amando. 
 4. Que setores da Missão Paulina você já trabalhou? Qual deles considera  mais desafiador?
Passei em muitos setores. Ainda de aspirante começei a missão na livraria e muito da missão a realizei nas livrarias. Porém trabalhei em missão nas famílias, em administração, na fundação do SEPAC, na direção da Editora, na direção do Comercial/Marketing e agora na direção da Gravadora. Em toda a missão existem os grandes desafios que são ao mesmo tempo oportunidades também para crescer pessoalmente e buscar a santidade de vida.


5. Deixe uma mensagem para as jovens que hoje desejam seguir Jesus mais de  perto no Carisma Paulino.
Gostaria de dizer: Não tenham medo de se apaixonarem por Jesus e pela sua proposta. Para mim Ele é o único que realiza de verdade e plenamente seja em qualquer opção de vida que a gente possa se sentir chamada a seguir.

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!