sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Sua santidade me convida a ser santa

Mestra Tecla, precisaremos de muitos passos para chegar onde você chegou, mas com suas palavras de ânimo e sorriso sempre aberto, ajuda-nos nesta caminhada.

Senti-me profundamente tocada pelas palavras da Ir. Tecla quando diz: “Rezo muito por vocês, a fim de que todas nós possamos chegar à santidade para a qual somos chamadas...” é como se ela estivesse aqui dizendo isso para mim hoje, e como se também hoje dissesse para ela mesma. Grande exemplo de mestra que sempre acompanhou de perto suas filhas e agora intercede por elas estando ainda mais perto... dentro do coração de cada uma. Com esse testemunho, mestra Tecla já mora em meu coração. Sinal de obediência, humildade, fé e submissão, mas também de santidade, coragem e confiança total em Deus.
”A santidade é o supremo bem da vida; as outras coisas são meios. Para São Paulo, a santidade é a maturidade plena da pessoa, é a pessoa perfeita. A pessoa santa não se envolve, mas se desenvolve, não pára, mas caminha e cresce.” (Alberione, VD 692.685)  Estas são as palavras com as quais quero seguir o caminho de nossos fundadores, alcançar a santidade, e no caminho tudo o que eu fizer seja um ato de amor dedicado a Deus e aos meus irmãos.
(Por Ariane Barbosa, vocacionada paulina)

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!