sábado, 20 de julho de 2013

As Bem-Aventuranças da Amizade


Bem-aventurado o amigo que leva o outro
a comungar o Cristo e teme ao Senhor.

Bem-aventurado o amigo que encaminha o outro
para o encontro com o Cristo.

Bem-aventurado o amigo que sabe elogiar,
que não vê apenas os defeitos, tampouco encobre os erros do outro.

Bem-aventurado o amigo adquirido na provação,
pois será como um irmão.

Bem-aventurado o amigo fiel, poderosa proteção,
tesouro descoberto, remédio de vida.

Bem-aventurado o amigo que sabe calar
e sabe falar no momento oportuno.

Bem-aventurado o amigo de palavras virtuosas,
pois os preceitos do Altíssimo são a sua conversa.

Bem-aventurado o amigo que abraça e chama a atenção do outro,
respeitando sua consciência e sua liberdade.

Bem-aventurado o amigo que age como luz para guiar,
mas que deixa o outro decidir.

Bem-aventurado ainda o amigo que sabe pedir perdão
e que não cala diante da calúnia ou da injustiça contra o outro.

Bem-aventurado sempre será o amigo que discretamente
sabe precisar do outro, sem se aproveitar dele.

Bem-aventurados eternamente os amigos
que doam sua vida pelos outros, por amor.

Cláudio Cássio

(Extraída do livro: Amizades são mananciais – A alegria de ser amigo em Jesus – Paulinas Editora, 2010)

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!