terça-feira, 21 de outubro de 2014

Tudo é obra de Deus!

A data de hoje, para as Irmãs Paulinas do Brasil, é de muita gratidão ao Senhor, porque marca o início da nossa história no Brasil, que nasceu na pobreza, como Jesus em Belém, e da fé inabálavel de uma grande mulher: Ir. Dolores Baldi.


Fonte: Google
Numa manhã, do dia 21 de outubro de 1931, atracava no porto de Santos - SP, o navio "Conte Rosso", trazendo a primeira irmã Paulina às terras brasileiras. Era a jovem Ir. Dolores Baldi!
 



"Jovem, 21 anos, camponesa marcada pela simplicidade, tendo apenas uma cultura de nível médio, mas de espírito arguto, inteligência prática, ardor missionário envolvente, olhar profundo e voltado para o horizonte...", assim a descreve Ir. Aparecida Matilde Alves, fsp.

 
E foi assim que começou a congregação das Irmãs Paulinas no Brasil no longínquo 21 de outubro de 1931. Nos anos que seguiram, até 1966, Ir. Dolores esteve à frente da vida e das atividades da Provínvia paulina, ajudando a florescer e dar muitos frutos. Ela nos disse:

"A congregação das Irmãs Paulinas, no Brasil, se iniciou na pobreza total de pessoas e de bens materiais, mas com a fé e ilimitada confiança na graça da vocação de nossos amados Fundadores: Pe. Tiago Alberione e Ir. Tecla Merlo. Eles nos entregaram o que tinham de mais precioso: o Evangelho, o crucifixo e o terço. Os fundamentos colocados por eles eram sólidos. Minha tarefa era construir, o que foi feito com simplicidade e devagar, com erros e muitas falhas humanas, mas sem desanimar, por obediência e com amor.
Olhando para trás, parece-me ver realizada a parábola do grão de Mostarda, representada por mim e pelas três primeiras Irmãs, que não necessitávamos fazer esforços para reconhecermo-nos pobres e insuficientes em tudo... A semente lançada entre o povo de Deus no Brasil brotou e cresceu, pela força íntima que vem de Deus e que é o próprio Deus."


Agradecemos ao Senhor o dom da vida de Ir. Dolores, primeira religiosa Paulina missionária no Brasil.
Uma mulher de Deus, mulher missionária, mulher que amou, e continua a amar, agora do céu, a missão Paulina, as suas irmãs de congregação e o povo de Deus! 

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!