sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Dia Mundial da Vida Consagrada

Dia de celebrar a alegria de ser portador de uma grande notícia: o Evangelho.

O mundo está repleto de milhares de pessoas que livremente decidiram dedicar-se ao anúncio do Reino de Deus, consagrados e consagradas que doam suas vidas com alegria, amor e disponibilidade para a evangelização, pessoas comprometidas com a construção de um mundo novo, um mundo mais humano e fraterno. São múltiplos os carismas, que Deus no seu infinito amor faz suscitar na Igreja, para atender as situações que mais necessitam do seu olhar misericordioso.
O amor vai sendo semeado nas escolas, nas Igrejas, nas ruas, nas variadas formas de comunicação, pelos consagrados e consagradas, que generosamente acolheram a vocação que o Senhor lhes confiou. Com ternura e firmeza percorrem caminhos e casas, assim como fez Jesus, para anunciar a verdade, curar os doentes e aliviar as dores da alma.
Neste dia especial, 2 de fevereiro de 2018, festa da Apresentação do Senhor, que a Igreja celebra o Dia Mundial da Vida Consagrada, expressamos nossa imensa gratidão pelo bem que realizam. Com fé afirmam e demonstram com suas próprias vidas, que o Senhor está no meio de nós. Principalmente neste tempo de tanto desespero e desamor que vive a sociedade, diante de tantas crises morais, sociais e vocacionais, precisamos de referência para encontrar o sentido da vida.
Em nota para o portal VATICAN NEWS, o prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, cardeal João Braz de Aviz ressalta que, “Vivemos um momento da história humana necessitada de um sentido vocacional da vida. Precisamos de um projeto, de uma fonte de sentido existencial, repleto de alegria e de esperança. Desde a experiência batismal, inseridos na vida de Deus e na sua família, a Igreja, nós consagrados somos herdeiros do patrimônio vocacional e carismático da Igreja e sentimos a alegria e o dever de protegê-lo e promovê-lo”.
Portanto, o Dia Mundial da Vida Consagrada é motivo de muita alegria e celebração, de renovar o compromisso com Deus e com o povo, de não cessar de elevar ao Senhor nossa súplica por mais corações generosos para dedicar-se ao anúncio da alegria do Evangelho e amor de Deus pela humanidade.

Ir. Gizely Medes Pinheiro, fsp


0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!