sábado, 29 de janeiro de 2011

MARIA, Rainha dos Apóstolos






Muitos são os títulos atribuídos a Nossa Senhora. Pe. Tiago Alberione sempre preferiu o de Maria Mãe, Mestra e Rainha dos Apóstolos. Em Maria ele descobre a fonte do equilíbrio entre o dinamismo exigente da prática apostólica e a mística contemplativa que deve animar e impregnar essa mesma prática.






Esta devoção vem dos inícios da Igreja. Os primeiros cristãos invocavam Maria como Mãe de Deus e Rainha dos Apóstolos. Isso por que Deus a escolheu por mãe de seu Filho. Era uma jovem, mulher do povo, pobre e desconhecida, mas aquela que fora preanunciada pelos profetas para ser a mãe do Messias.








Logo que ficou grávida, Maria foi visitar sua prima Isabel. O encontro entre elas é uma comunicação que se manifesta, antes de tudo no mistério da voz; comunicação de alegria e de vida, que enche de júbilo aquela que a ouviu. "Apenas a voz da tua saudação chegou aos meus ouvidos, o menino exultou de alegria em meu seio" (Lc 1,44).




A ternura deste encontro é figura de uma nova comunicação humana que Jesus veio inaugurar entre nós. A comunicação da verdade libertadora que nos introduz no caminho que leva à comunhão e à vida nova.


--------------------------------------------------------------

Em Maria, nós, Irmãs Paulinas, chamadas a viver e a comunicar Jesus, encontramos um modelo de mulher e apóstola da comunicação.

Maria, a apóstola da comunicação, toque o coração das jovens que desejam consagrar-se a Deus para comunicar o Evangelho as pessoas.


0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!