quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Santidade e Juventude têm tudo a ver!

Conheço jovens, cujo desejo é ser santo e de fato na lista dos santos e santas há exemplos de jovens que deram e continuam dando a vida por um ideal, porque trazem dentro de si a busca de felicidade para si e para os outros. Nesse sentido, continuam sonhando, arriscando-se, mesmo em meio às dificuldades. Mas isso é possível dentro de um ritmo de vida tão acelerado como o nosso; com tantas outras propostas, qual vento que nos joga para todos os lados? Será que pode haver um novo tipo de santidade, com que características?


Para responder a esta pergunta, bastaria olhar o testemunho de jovens e adultos que vivem o Evangelho no dia a dia ao nosso lado, com simplicidade e dedicação na própria família, nos estudos, no trabalho, nas comunidades, nos relacionamentos, na oração, nos momentos de lazer, enfim, nas pequenas coisas realizadas com amor. São inúmeros os exemplos e não precisa ir longe para encontrar pessoas que trazem dentro de si um forte apelo à santidade e a vivem com ousadia em todos os tempos e lugares.



Santidade é um convite, dom, graça de Deus, que espera corações abertos, generosos para acolhê-la, daí por que santidade e juventude têm tudo a ver. Todos são chamados à santidade: “Como é santo, Aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós” (1 Pd 1,15). Nesse sentido o Papa Bento XVI dizia recentemente aos jovens do Reino Unido: “Há algo que está muito forte em meu coração para dizer a vocês. Tenho esperança que entre vocês, que hoje estão aqui me ouvindo, existam alguns futuros santos do século XXI”. Acredito que estas palavras já estão fazendo eco no coração de muito jovens, como em você.

Ir. Bernadete Boff

1 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!