segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Família Paulina - 98 anos na Igreja


Em 20 de agosto de 1914, festa de São Bernardo, com a fundação da Pia Sociedade São Paulo (Paulinos) nascia a grande Família Paulina. Em 2014 estará celebrando cem anos.
Uma grande família - 10 vozes - para uma grande missão, ou no dizer de Pe. Tiago Alberione, " uma grande árvore " com dez ramos.

Alberione dedicou toda esta obra a São Paulo Apóstolo, tido como Pai, Inspirador, Fundador e Modelo da Família religiosa que passou a ser conhecida como Família Paulina.

Por ocasião do quadragésimo ano de fundação, o Bem-aventurado Tiago Alberione, fundador da Família Paulina, afirmou:
"Dia 20 de agosto de 1914, uma hora de adoração ao Santíssimo Sacramento e a bênção da minúscula tipografia, iniciava-se a Família Paulina.", com a fundação dos
* Padres e Irmãos Paulinos (www.paulinos.org.br).

A esta se seguiu a fundação de quatro Congregações femininas com finalidades próprias, diversas e independentes uma da outra:
* Irmãs Paulinas (1915) - www.paulinas.org.br;
* Irmãs Discípulas do Divino Mestre(1924).
E-mail: vocacional@piasdiscipulas.org.br;
* Irmãs Pastorinhas (1938) E-mail: irmaspastorinhas@terra.com.br;
* Irmãs Apostolinas. (1959).
E-mail: apostolinas@hotmail.com

Fundou também os Institutos (1960).
* Santa Família (para casais);
* São Gabriel Arcanjo (Gabrielinos, para homens);
* Jesus Sacerdote (para padres e bispos diocesanos);
* Nossa Senhora da Anunciação (Anunciatinas, para mulheres).
E-mail: institutosseculares@paulinos.org.br

Todos unidos entre si pelo mesmo ideal de santidade e de missão: viver e comunicar Jesus Cristo a todas as pessoas com as várias formas de comunicação social.

Alberione organizou, também, leigos e leigas para que estivessem estreitamente ligados à missão e à espiritualidade de suas fundações e, assim, nasce a
* União dos Cooperadores Paulinos (1917).
E-mail: cooperadores@paulinas.com.br

Breve biografia do bem-aventurado Alberione
Apóstolo da Comunicação

Pe. Tiago Alberione nasceu em São Lourenço de Fossano, na Itália, no dia 4 de abril de 1884.
Na passagem do século 19 para o 20, estando em oração, Alberione sentiu que deveria fazer alguma coisa por Deus e pelas pessoas do novo século. Foi um profeta que soube responder plenamente aos apelos de Deus. Sua resposta foi de extraordinária fecundidade para a Igreja e para o mundo. Alberione morreu no dia 26 de novembro de 1971 e foi declarado Bem-aventurado no dia 27 de abril de 2003 pelo Papa João Paulo II.

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!