quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Palestra sobre Majorino Vigolungo


No dia 27 de julho, às 19h30, no Auditório São Paulo Apóstolo (em São Paulo), Central Paulinas, das Irmãs Paulinas, aconteceu a palestra sobre o Venerável Majorino Vigolungo. O assessor foi o Pe. Antônio Francisco da Silva, ssp.

Biografia
No início, foi apresentada uma breve biografia de Majorino.
Nasceu a 6 de maio de 1904, em Benevello, norte da Itália. Filho de trabalhadores rurais, entrou na Congregação dos Padres e Irmãos Paulinos Majorino Vigolungo, nasceu em Benevello (Cuneo) no dia 6/5/1904; foi aluno da Escola Tipográfica Editora, na rua Mazzini, em Alba, de 15/10/1916 a 27/7/1918, dia de sua morte em Benevello (Cuneo).
Seu ideal de vida era:
- alcançar a santidade o mais rápido possível,
- ser padre e
- ser apóstolo da boa imprensa.
Ficou conhecido na Família Paulina pela seguinte máxima: “progredir um pouquinho a cada dia”.

Amante da Eucaristia, dedicou-se à vocação e missão dos Paulinos com grande entusiasmo, até que em 1918, no dia 27 de julho, vítima de meningite, veio a falecer enquanto era assistido por Padre Alberione. Suas últimas palavras foram: “cumprimente a todos os meus companheiros, diga-lhes que rezem por mim e que nos encontraremos todos no céu”. Considerado patrono dos Aspirantes Paulinos, foi declarado venerável no dia 28 de março de 1988, pelo Papa João Paulo II.

 
Participantes
Estiveram presentes na palestra, cerca de cem pessoas da Família Paulina que puderam acompanhar a apresentação de parte do documento proposto para o reconhecimento de suas virtudes heróicas, necessário para ser declarado Venerável. Os presentes também assistiram a um vídeo preparado pelos seminaristas paulinos, cantaram o hino de Majorino e viveram um momento de confraternização.

Oração
Jesus Mestre, Pastor e Sacerdote, tu enriqueceste o Venerável Majorino Vigolungo de sabedoria, dedicação e zelo: a Igreja possa alegrar-se pelo dom da sua glorificação. Por sua intercessão eu alcance esta graça que agora peço com grande confiança...

Majorino, tu viveste na intimidade da Santa Família de Jesus, Maria e José, com humildade na mente, pureza de coração e santidade de vida, obtém que nas tuas pegadas eu possa participar na edificação da comunidade cristã. Amém
 

0 Comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário abaixo e não esqueça de colocar seu nome. Obrigada!